PUBLICIDADE

Coragem: saiba onde mergulhar com tubarões e até alimentá-los

Publicidade

Ficar frente a frente com um tubarão pode ser uma das experiências mais fortes que um ser humano pode conhecer. Afinal, estes animais que fazem parte do nosso imaginário há anos por filmes, livros e notícias, são seres tão fascinantes quanto assustadores. Em diversos pontos do planeta é possível chegar perto de tubarões, seja mergulhando cara a cara com um tubarão inofensivo quanto ficando separado de perigosíssimos tubarões brancos apenas por uma jaula.

África do Sul
A África do Sul é, com certeza, o melhor destino do planeta para mergulhar com tubarões. As águas mornas do norte do país atraem espécies tropicais e subtropicais como tubarões baleia e cações que chegam a 3 metros de comprimento, além de outros animais como tartarugas e golfinhos. As águas temperadas do sul proporcionam aos mergulhadores lugares como a ilha de Dyer, conhecida como a "meca dos tubarões brancos".

A 10 km da baía de Gansbaai, Dyer é uma ilha rochosa com águas frias e numerosos animais como focas, aves marinhas e pinguins. É a combinação perfeita, que faz com que a ilha tenha uma das maiores concentrações de tubarões brancos do mundo. Há muitas opções de excursões de mergulho em jaula, dessas que deixam você cara a cara com estes animais.

Austrália
Também a Austrália, com seu imenso litoral e seus climas variados, tem incontáveis pontos para mergulhar. No sul do país, a Ilha Netuno, a 70 km da cidade de Port Lincoln, é o lugar perfeito para encontrar tubarões brancos. Cenas do filme cult dos anos 70 Tubarão foram filmadas em suas águas.

Mas a grande estrela do litoral australiano é, sem dúvida alguma, a Grande Barreira de Coral, a maior estrutura do mundo formada por organismos vivos. Situada no Queensland, no nordeste do país, a Grande Barreira tem uma superfície total equivalente a duas vezes o estado de São Paulo. Além dos inúmeros corais, moluscos, peixes, tartarugas e animais marinhos de todo tipo, recebe diversas espécies de tubarões. A maioria delas são inofensivas para os seres humanos e podem ser avistadas praticando snorkeling ou mergulho com cilindros.

Ilhas de Farallon
De norte a sul, a América também tem bons lugares para avistar e encontrar tubarões. Nos últimos vinte anos, pesquisadores notaram que tubarões, que tinham sumido por várias décadas do litoral californiano, estavam voltando a pontos como as ilhas de Farallon e Santa Cruz. Rapidamente, uma nova forma de ecoturismo nasceu na região: o turismo de tubarões.

As ilhas de Farallon, no litoral de San Francisco, são um ponto importante de pesquisa e observação de tubarões brancos. Descendo o litoral e atravessando a fronteira para passar no litoral mexicano, a ilha vulcânica de Guadalupe tem numerosos tubarões brancos prontos para devorar as focas que habitam no local. Excursões partindo de Cabo San Lucas levam turistas em embarcações para mergulhar em jaulas.

Bahamas
No Caribe, as águas cristalinas das Bahamas são ótimas para todo tipo de mergulho, com enormes paredões de coral, recifes e buracos azuis. Mas o arquipélago também é um dos melhores lugares para mergulhadores encontrarem tubarões em seu habitat natural. Uma boa opção é acompanhar uma excursão para alimentar tubarões de recife. Neste tipo de excursão, o guia chega num ponto determinado, se detém e deposita um balde de comida para atrair os tubarões. O resultado é impressionante, com dezenas destes animais brigando para conseguir um pouco de comida.

Galápagos
As Ilhas Galápagos, famosas por sua rica natureza, são também um paraíso para mergulhadores. Para amantes de tubarões, mergulho em ilhas como Darwin, Wolf e Bartolomé são oportunidades únicas para avistar um dos tubarões mais assustadores: o tubarão-martelo. Sociáveis e andando em grupos, os tubarões-martelo podem atingir um tamanho de até 6 metros de comprimento. São só alguns dos diferentes animais que podem ser encontrados na Reserva Marinha das Galápagos, entre golfinhos, tartarugas, raias e iguanas marinhas. Os tubarões-das-Galápagos, espécie mais perigosa que o tubarão-martelo, também podem ser encontrados em abundância no arquipélago.

Fernando de Noronha
No Brasil, enquanto alguns banhistas se afastam de algumas praias do Recife por medo de ataques de tubarão, outros pagam para encontrar estes imensos peixes no arquipélago de Fernando de Noronha. Tubarões cabeça-de-cesto, lambarú e limão são alguns dos que se encontram em Noronha. Podem chegar a até três metros de comprimento. Estas espécies nascem em Fernando de Noronha e costumam ser amigáveis com humanos.

Com sorte, mergulhadores podem avistar grupos de até 6 tubarões. Por se tratar de tubarões que não apresentam perigo aos seres humanos, o mergulho é feito de maneira normal, com tubos de ar, e não em jaulas como no caso dos tubarões brancos.


As águas cristalinas das Bahamas são ótimas para todo tipo de mergulho
As águas cristalinas das Bahamas são ótimas para todo tipo de mergulho
Foto: Incredible Adventures / Divulgação
Fonte: Andrés Bruzzone Comunicação Andrés Bruzzone Comunicação
Publicidade