0

Caribe

Praias do Caribe estão entre as melhores do mundo para surfe

26 dez 2012
07h40
  • separator
  • 0
  • comentários

As praias paradisíacas do Caribe são o cenário perfeito para uma tarde de sol e surfe. Alguns points de surfe estão entre os melhores do mundo, e em nada perdem para locais como Havaí ou Austrália. Em 2009, aliás, o surfista americano Kelly Slater elegeu o Soup Bowl em Barbados como um de seus três locais favoritos para surfar.

Com  seus diversos destinos diferentes, o Caribe se transformou numa das mecas do surfe mundial
Com  seus diversos destinos diferentes, o Caribe se transformou numa das mecas do surfe mundial
Foto: Shutterstock

Os surf spots (locais ideais para á prática de surf) caribenhos costumam ser em locais mais afastados das ilhas e de pontos turísticos como Cancún e Punta Cana, e por este motivo, geram uma interação maior com os moradores locais. Praias praticamente intocadas pelo homem, longe dos resorts, balneários e estabelecimentos comerciais, transformam as surf trips, como são conhecidas as viagens em busca de mecas do surfe, numa experiência singular.

Existem pontos para a prática de surfe de todos os níveis em toda a costa do Caribe. Do infantil ao experiente, sempre há uma praia perfeita para os surfistas de plantão.  Conheça as praias mais procuradas, seja pela combinação de ondas potentes e cenários de tirar o fôlego, ou pela combinação de águas mornas e ondas calmas, tornando-as perfeitas para quem está começando a se aventurar sobre a prancha.

Aviones
Um dos destinos mais procurados para surf trips no Caribe, Porto Rico ficou mundialmente famoso após hospedar o Campeonato Mundial de Surfe, em 1968. A praia Aviones, em Isla Verde, possui as ondas mais consistentes da região. A maré alta é melhor para surfar, e graças à quebra para esquerda e direita, surfistas podem desfrutar de alguns tubos bem longos, que fazem a alegria de quem viaja para praticar o esporte.

Soup Bowl
Em Barbados, o pico mais conhecido de surf é o Soup Bowl. Localizado em Bathsheba, o local recebeu o nome em alusão às suas águas cheias de espuma. O que torna o Soup Bowl perfeito para a prática do surf é o fato de as ondas viajarem por cerca de 4mil quilômetros no Oceano Atlântico sem a interferência de recifes de corais ou bancos de areia, entre outras formações oceânicas, garantindo ondas velozes. Até mesmo Kelly Slater, um dos melhores surfistas do mundo, já elegeu Soup Bowl como um dos três melhores lugares do mundo para surfar.

The Surfer’s Beach
Constantemente comparada às melhores praias do Havaí, esta meca do surf nas Bahamas é considerada o segundo melhor lugar do mundo para a prática do esporte por diversos especialistas no assunto, graças aos ventos Atlânticos que sopram do sudoeste e formam ondas incríveis. Localizada na Ilha Eleuthera, fica a aproximadamente 3 km de Gregorytown.

Playa Encuentro
Com ondas praticamente o ano inteiro, a Playa Encuentro, localizada na República Dominicana, só deixa de receber os surfistas locais e turistas entre maio e julho, no inverno, quando as ondas ficam menores. Os meses de outubro e novembro também não são muito indicados para a prática do esporte em virtude das chuvas, mas alguns se arriscam a pegar uma boa onda mesmo assim. Durante a primavera, as ondas chegam a quatro metros, para fazer a alegria de quem viajou em busca de aventura.

Tortola
Localizada na parte oriental das Ilhas Virgens Britânicas, Tortola parece existir para o surf. É possível praticar o esporte em toda a costa, dividida em Apple Bay e Josiah’s Bay. A primeira, na parte norte da ilha, é voltada para quem gosta de adrenalina e ondas maiores. Já a Josiah’s Bay, para quem prefere ondas menores e mais consistentes, para surfar em família.

Makka
São vários os picos de surf na Jamaica, porém, nenhum supera a praia Makka. O local, conhecido por abrigar o campeonato Makka Surf Pro, requer um nível de habilidade entre o intermediário e o avançado dos surfistas que desejam se aventurar por essas águas. A quebra do local proporciona ondas de dois a quatro metros de altura, porém, há uma grande quantidade de recifes nas redondezas, o que requer cuidado dos praticantes.

Sprat Bay
 A alta temporada de surfe nas Ilhas Virgens Americanas, como em praticamente todo o Caribe, começa em novembro e segue até março. Para surfar na região, é preciso um nível avançado de conhecimento, devido à presença de recifes, bancos de areia, rochas pontiagudas e de uma forte correnteza. O melhor pico é a Sprat Bay, na Water Island, a cerca de 10 minutos de bote da ilha St. Thomas.

Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade