Cidade italiana erguerá estátua de Trump para fomentar turismo

7 fev 2017
13h38
  • separator
  • comentários

A cidade italiana de Vagli Sotto, situada na região da Toscana (centro), levantará uma escultura em mármore do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que custará 200 mil euros (cerca de US$ 213,4 mil) e que deve estar pronta no meio deste ano.

"Já adquirimos o mármore e demos ao escultor. Queremos a estátua pronta para este verão", disse nesta terça-feira à Agência Efe o prefeito deste município, Mario Apúlia, do partido de centro-direita "Lista Civica: Uniti per Migliorare Ancora".

É uma controversa decisão que tem como objetivo servir de atrativo turístico. "É uma promoção de nosso território, queremos dobrar o número de turistas", confessa.

O município de Vagli Sotto se situa na província de Lucca, aos pés os Alpes Apuanos, e conta com cerca de mil habitantes.

No verão passado, no entanto, recebeu 250 mil turistas, ilustra Apúlia, um número que a Prefeitura quer agora duplicar com a criação do que chamaram o Parque da Honra e da Desonra.

Trata-se de um parque, situado próximo ao Lago di Vagli, que conta com estátuas de "personagens contemporâneos que foram ou são influentes de alguma maneira, ou no bem ou no mal".

Assim por exemplo, neste parque já é possível encontrar a estátua do ex-capitão do Costa Concordia, Francesco Schettino, condenado em maio de 2016 a 16 anos de prisão pelo naufrágio do cruzeiro em 2012 diante da ilha toscana do Giglio, um fato no qual morreram 32 dos 4.229 passageiros que estavam a bordo.

Mas também é possíver ver uma estátua em honra ao comandante da capitania de Livorno, Gregorio Di Falco, que chamou várias vezes Schettino para que retornasse a bordo do cruzeiro e informasse da situação e das mortes que já tinham ocorrido.

Agora, se somará a eles uma escultura de presidente republicano e milionário dos Estados Unidos.

"Não queremos entrar na questão se será um bom ou ruim presidente", explica Apúlia, embora ao mesmo tempo não esconde sua simpatia pelo líder. "É uma pessoa que manteve aquilo que disse na campanha eleitoral".

Por enquanto, Trump estará colocado no meio do parque, em uma zona neutra na qual ficam "as figuras antes de determinar se merecem estar em um lado ou em outro".

"Depois, será a história que decidirá em que zona ele ficará, se na da honra ou na da desonra", diz Apúlia.

A estátua necessitará de um investimento de 200 mil euros, soma que será financiada exclusivamente por investidores privados.

A iniciativa, por enquanto, já conseguiu "cerca de 160 mil euros", embora a Prefeitura não hesite que receberá a quantidade necessária. "Entraram em contato conosco investidores dos Estados Unidos, da Itália, também do Reino Unido", conclui.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade