0

vc repórter: locomotivas a vapor mantêm viva a história ferroviária de SC

15 ago 2013
21h35
atualizado em 16/8/2013 às 00h39
  • separator
  • comentários

Desde agosto de 2011 que a locomotiva 232 de Apiúna, no interior de Santa Catarina, estava adormecida. Não soltava a tradicional fumaça, não emitia o agudo do apito. O quadro mudou no último domingo, quando a composição de 1920 voltou a percorrer os trilhos entre a estação de Apiúna e a usina Salto Pilão, num passeio que convida os passageiros a voltarem no tempo.

<p>Locomotiva 232, de 1920, voltou às atividades ao público no último domingo depois de dois anos</p>
Locomotiva 232, de 1920, voltou às atividades ao público no último domingo depois de dois anos
Foto: ABPF / Divulgação

Conservada graças ao esforço de voluntários apaixonados pelo universo ferroviário da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) de Santa Catarina, a maria-fumaça de Apiúna faz um passeio de cerca de 50 minutos para completar o trajeto de seis quilômetros (três para ir e três para voltar), que custa R$ 20.

Durante o percurso, um chefe de trem faz as vezes de monitor e dá uma verdadeira aula de história ferroviária e sobre a região aos 100 passageiros que participam do passeio, que será realizado a cada segundo domingo do mês.

Rio Negrinhos a Rio Natal
Outro passeio a vapor histórico-cultural famoso em Santa Catarina é o que liga a estação ferroviária de Rio Negrinho a Rio Natal, no município de São Bento do Sul. O trajeto é mais longo, 84 quilômetros, e inclui uma parada para almoço, que é oferecido à parte, com preço aproximado de R$ 15.

A locomotiva 760, de 1945, é atualmente a responsável por, ao menos uma vez por mês, proporcionar aos passageiros a viagem que se inicia por volta das 10h e termina antes das 16h. Ela custa R$ 80.

Os interessados nos passeios são aconselhados pela ABPF a comprar os ingressos antecipadamente. Para o trajeto do Rio Negrinho ao Rio Natal, quem quiser reservar com antecedência deve enviar e-mail para rionegrinhos@abpfsc.com.br. Já para o passeio de Apiúna, o endereço eletrônico é efsc@abpfsc.com.br.

A internauta Luciane Tencini, de Blumenau (SC), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
  • separator
  • comentários
publicidade