PUBLICIDADE

Cidade do México

Saiba como comprar uma boa tequila no México

ver comentários
Publicidade

A tequila é um destilado feito de uma planta chamada agave azul, nativa do estado mexicano de Jalisco. É nessa região que fica a cidade de Tequila, que deu nome à bebida. O município fica a 517 quilômetros da Cidade do México e lá estão as sedes dos principais fabricantes da aguardente. Em 2006, a região foi declarada Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco em razão de sua importância  para a cultura mexicana.

Por ser a bebida nacional do país, é muito fácil encontrar o destilado em qualquer lugar do México. Um pouco mais difícil, no entanto, é saber diferenciar um produto de qualidade de uma marca qualquer. Veja a seguir algumas dicas para comprar uma boa tequila.  

Leia o rótulo
Ao comprar a bebida, preste atenção às informações do rótulo. As palavras “tequila” e “100% puro de agave” ou “100% de agave” devem estar presentes. Do contrário, não se trata de uma tequila pura, mas da mistura de um destilado feito com agave azul e alguns tipos de açúcar.

Propaganda enganosa
Frases como “100% natural”, “100% destilado”, “100% mexicano”, “100% envasado de origen”, “espíritu de agave” são redundantes. A verdadeira tequila reúne todas essas características. É a mesma coisa que vender uma laranja e usar argumentos como “ela é redonda e tem casca” para tornar o produto mais atrativo. Outra dica: não se engane com a quantidade de destilações. Se realizada corretamente, a segunda já garante uma bebida de qualidade. Passe longe da “Triple destilación”.

Tipos de tequila
Existem cinco tipos de tequila, classificados segundo a cor e o tempo de descanso nos barris:

Blanco (branca ou prata): engarrafada imediatamente após a destilação.
Joven (jovem ou ouro): suavizada com corantes e sabores, como o caramelo. É a opção favorita no México para se preparar margaritas.
Reposado (descansado): passa por um processo de envelhecimento em barris de carvalho por no mínimo dois meses e no máximo um ano. A madeira dá um sabor suave à tequila.
Añejo (velho): fica em barril de carvalho por mais de um ano, absorvendo um pouco do gosto da madeira.
Extra añejo (extra velho): a bebida fica em barril de carvalho por pelo menos três anos.

Marcas consagradas
Antes de sair por aí comprando qualquer tequila, confira algumas opções que vale a pena provar e colocar na mala de viagem:

José Cuervo Reserva de la Família: criada em 1995 em comemoração aos 200 anos da marca, é uma extra añejo feita com agaves selecionados, com leve sabor caramelado. Por ano, são produzidas apenas 17 mil garrafas. Custa R$ 200 aproximadamente.
Gran Centenário Leyenda: uma das primeiras a receber o título extra añejo. Tem o sabor suave, com um leve toque cítrico. Está entre as mais caras: R$ 450 ou mais por garrafa.
Herradura Selección Suprema: extra añejo com mais de quatro anos de descanso em barril. Produzida com agave selecionado, o sabor mistura caramelo e baunilha. Preço: R$ 500.
Don Julio Real: esta extra añejo equilibra o sabor cítrico e o carvalho da madeira. O leve toque de hortelã deixa claro que não se trata de uma garrafa de uísque, mas de tequila. Custa R$ 700.
Pura Sangre: na categoria branca, é uma das melhores. O nome é uma referência à raça de cavalo puro sangue, a mais nobre. Sai por volta de R$ 150.
Patrón: a versão reposada é uma das mais consumidas da categoria. É forte, com a sensação de “queimação” prolongada. Valor: R$ 200.
 

Cidade do México: Pontos mais badalados da cidade:
Fonte: PrimaPagina
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade