PUBLICIDADE

Cidade do México

Paseo de la Reforma é centro financeiro da Cidade do México

ver comentários
Publicidade

O Paseo de la Reforma está para a Cidade do México assim como a Avenida Paulista está para São Paulo. Construída no século 19, a via é hoje o coração financeiro da capital. Ao longo de sua extensão, prédios modernos dividem espaço com monumentos históricos, igrejas, edifícios do governo, estações de metrô, hotéis, restaurantes, bancos e parques.

Os vários arranha-céus que se erguem sobre a avenida abrigam escritórios tanto de empresas privadas quanto de instituições públicas. Lá estão a Bolsa Mexicana de Valores, a Câmara de Comércio da Cidade do México, a Escuela Bancaria y Comercial (primeira escola de negócios do país) e as sedes de importantes companhias mexicanas e estrangeiras, como Axtel, Avantel, HSBC e Pemex, entre outras.

Por volta do número 500 da avenida está o edifício mais alto do México, a Torre Mayor. Com 225 metros de altura e 55 andares, foi projetada para aguentar terremotos de até nove pontos na escala Richter. O dono do prédio é ninguém menos que o megainvestidor húngaro-americano George Soros.

No próprio Paseo de la Reforma e nas adjacências também ficam os escritórios de vários órgãos do governo mexicano, como Procuradoria Geral da República, Secretaria da Fazenda, Secretaria da Saúde, Secretaria das Relações Exteriores, Secretaria do Interior, Conselho Nacional para a Cultura e as Artes. Secretaria de Segurança Pública e Instituto Mexicano do Seguro Social, entre outros. Além disso, ficam na avenida as embaixadas de vários países, entre eles Brasil, Estados Unidos, Colômbia e Japão.      
 

Cidade do México: Pontos mais badalados da cidade:
Fonte: PrimaPagina
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade