PUBLICIDADE

Cidade do México

México tem basílica dedicada à santa padroeira da América

ver comentários
Publicidade
A Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe tem duas versões. A mais antiga começou a ser construída em 1531, em estilo romano
A Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe tem duas versões. A mais antiga começou a ser construída em 1531, em estilo romano
Foto: Chad Zuber/ Shutterstock

Assim como o Brasil, o México é um país dominado pelo catolicismo. E, como os brasileiros tem a Nossa Senhora de Aparecida como padroeira, os mexicanos são devotos de Nossa Senhora de Guadalupe. Em todo o país há referencias à santa de manto azul, que também é a padroeira de todo o continente americano.

O lugar onde o sentimento de fé é mais forte é o Santuário de La Villa de Guadalupe, ou, simplesmente, La Villa. Lá estão concentradas igrejas e duas basílicas dedicadas a Nossa Senhora de Guadalupe – uma mais antiga, do século 16, e outra mais nova, da década de 1970.

A construção da basílica mais antiga, que começou em 1531, foi inspirada na suposta aparição da Virgem de Guadalupe. Naquele ano, a santa teria aparecido para o índio Juan Diego Cuauhtlatoatzin sobre o monte Tepeyac, em uma região que hoje fica no norte da Cidade do México. Para provar sua qualidade de santa, a Virgem teria feito crescer flores em um terreno semidesértico em pleno inverno. O índio então levou as flores ao bispo da região, para comprovar o milagre. Mas, quando Cuauhtlatoatzin abriu seu poncho e as flores caíram, os dois verificaram que uma imagem da santa havia se formado na parte da peça onde estavam as rosas.

Ao longo dos séculos o manto foi exposto na basílica original, construída sobre o monte Tepeyac e batizada oficialmente de Templo Expiatório a Cristo Rei. Como o tecido – que não é de boa qualidade – já tem quase cinco séculos, os fiéis acreditam cada vez mais na graça da Virgem.

Com o interesse crescente dos católicos pela peregrinação ao santuário, surgiu a necessidade de um espaço maior para receber os cerca 20 milhões de visitantes anuais – número que só é superado pela Basílica de São Pedro, em Roma. Uma das datas mais esperadas – e mais movimentadas – é o dia 12 de dezembro, quando acontece a Festa de Nossa Senhora de Guadalupe.

Cidade do México: Pontos mais badalados da cidade:

A nova basílica é mais moderna, em forma de círculo e tem capacidade para 40 mil pessoas – 10 mil delas sentadas. O prédio foi inaugurado em 1976 e também é parada obrigatória na peregrinação, já que o manto com a imagem da santa foi transferido para lá.

Além disso, a nova igreja conta com um piso móvel, que permite que todos os fiéis cheguem um pouco mais perto da imagem, situada no fundo do altar principal. Os visitantes podem, ainda, assistir a uma missa. De qualquer um dos 10 mil assentos é possível enxergar o altar. 

Fonte: PrimaPagina
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade