PUBLICIDADE

buenos Aires

Táxi é a melhor opção de transporte na capital argentina

ver comentários
Publicidade

A melhor forma de circular por Buenos Aires é usando táxi. Há abundância de veículos por toda a cidade, e o melhor: os preços são ótimos, se comparados a Rio de Janeiro e São Paulo, por exemplo. É preciso, no entanto, ficar de olho na hora de pagar. Quando o motorista devolver o troco, confira as notas. Há muitos casos em que algumas delas são falsas. É fácil verificar. Por outro lado, é pouco provável que o condutor tente esticar a corrida e enrolar o passageiro, já que não há muitas alternativas de caminho aos destinos mais procurados.

Se você está no centro da cidade – região que engloba a avenida Nove de Julho (a do obelisco) e ruas como Tucumán, Rivadavia e Florida –, dá para fazer muita coisa caminhando, uma vez que Buenos Aires é plana. Por exemplo, da Galeria Pacífico a Puerto Madero, tradicional ponto de encontro de turistas, dá para ir em 20 minutos a pé. O local é seguro, e o passeio é extremamente agradável.

Outra opção de deslocamento pela cidade é o metrô, conhecido como Subte. Não é um sistema que serve toda a cidade – como acontece em Paris, Londres e Nova  York, por exemplo –, mas é útil. Por exemplo, dá para ir do centro da cidade a Palermo, bairro bastante procurado por turistas. Mas não é recomendável pegar um dos vagões em dia de semana, principalmente na hora do rush, pois o metrô está bastante saturado. Aberto em 1913, ele passou por várias ampliações até os anos 1950, época em que começou a decadência econômica da Argentina. Após anos de estagnação, voltou a receber investimentos nos anos 1990.

Para quem gosta de suar a camisa, um bom jeito de conhecer Buenos Aires é de bicicleta. Dá para alugar uma magrela por um preço baixo, por exemplo, em San Telmo. Dali, basta pedalar umas cinco quadras até Puerto Madero, onde começa uma ciclovia que leva até os Bosques de Palermo, sempre margeando o Rio da Prata. É um ótimo programa. No entanto, não é recomendável entrar nos bairros, já que não há vias exclusivas para bicicletas, e o trânsito não é dos mais tranquilos.
 

Melhor opção de transporte na cidade, os táxis de Buenos Aires têm um visual padrão: todos são pretos com o capô amarelo
Melhor opção de transporte na cidade, os táxis de Buenos Aires têm um visual padrão: todos são pretos com o capô amarelo
Foto: Shutterstock.com
Fonte: PrimaPagina
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade