Turismo

publicidade
15 de fevereiro de 2012 • 07h16

Saia longa é tendência nos dias quentes; veja 30 modelos

Versátil, saia longa pode ser usada por mulheres de todos os tipos físicos
Foto: Shutterstock / Terra
 

Uma das queridinhas do mundo da moda para os dias de calor é a saia longa. Tão feminina quanto as minissaias, elas também são versáteis e muito confortáveis. E o melhor é que não é preciso procurar muito para encontrá-las nas vitrines, em diversas cores, materiais, modelagens e estampas. Em alta, seus preços e estilos estão bastante democráticos.



Para o verão, o melhor é escolher saias de tecidos mais leves, como as malhas frias e as viscoses. No entanto, as rendas, os plissados e as transparências além de fresquinhas dão um ar mais sofisticado para a produção. Saias estampadas também estão com tudo, seja no estilo liberty (florais), de listras, geométricas tai dai (de tecido tingido) e podem ir das ocasiões mais formais às informais, dependendo dos acessórios.



Como usar?

A primeira dica é considerar as proporções do corpo com o comprimento e tipo da saia longa, conforme indica Suzy Okamoto, professora dos cursos de Design de Moda e Negócios da Moda da Universidade Anhembi Morumbi. "Se na composição de um look for observado que o corpo inteiro tende a um sentido de verticalidade e harmonia, pode ter certeza que está correto." Bom senso também é bem-vindo neste momento. "É preciso observar a harmonia ao combinar as blusas, acessórios e sapatos respeitando a proporção corporal", aconselha Anna Paula Cavalcanti, consultora de moda e professora da Enmoda - Escola de Empreendedores.



Aprenda a harmonizar

Na hora de vestir tenha atenção para não fazer feio. "Combine as saias estampadas com blusas de cor lisa e capriche em um colar e pulseiras grandes", indica Anna Paula. Saias longas também podem ser usadas com coletes e blusas por fora ou por dentro da saia, com um cinto no quadril. "As t-shirts ficam perfeitas assim."



Para uma combinação mais elegante, opte por uma regata de tecido fino, como o cetim ou a renda, junto com um cinto que pode ser de metal ou strass. Para o final de tarde, nada melhor do que combinar com um cardigan ou um casaquinho romântico.



Se você prefere um tom mais sensual, vale apostar em blusas com decotes "V", ombro caído, costas abertas ou barriga de fora. As camisas dão um ar contemporâneo deixando a produção mais descontraída. Lembre-se: cintos, colares e pulseiras são indispensáveis para completar.



Quanto aos sapatos, as rasteirinhas são mais despojadas e modernas. Anabelas e sapatos de salto grosso também ficam bons junto com os saltos de cortiça. No dia a dia, as bolsas mais usadas são as laterais de pendurar nos ombros e as do tipo carteira.



Para as altas e magras

Mulheres altas e magras podem brincar à vontade. Mas atenção: é preciso tomar cuidado com as combinações de um único tom e peças muito escuras para não parecerem magras e altas demais. Um comprimento de saia que é tendência é o midi - bem abaixo do joelho -, principalmente em tecidos plissados.



Para as baixinhas

As saias deixam a silhueta mais longa e para melhorar essa proporção opte por um top na mesma cor ou em uma cor bem próxima a da saia. Isso funciona também no caso das estampas. Dê preferência para desenhos com fundo de cor mais escura e a blusa no mesmo tom. Agora, se além de baixinha você é um pouco mais "cheinha", o cuidado dever ser redobrado. Use estampas menores e blusas mais soltas, que alongam a silhueta. O comprimento da saia deve ir até os pés. E para os sapatos, as anabelas ou saltos mais grossos ajudam a disfarçar a estatura.



Ainda para as "cheinhas", as saias devem ser soltas, em tecidos que não marcam a silhueta, em cores escuras e bem longas. Uma dica é usar uma blusa mais larga por cima da saia com um cinto de largura média para não achatar a silhueta e não ficar desproporcional ao corpo. Outro truque é usar um blazer, pois ele ajuda no contorno da cintura.



Agência Hélice,
Especial para o Terra
Terra Terra