publicidade
12 de fevereiro de 2013 • 16h42 • atualizado às 16h44

RJ está entre destinos aprovados pelo público gay; veja outros 10

 

Os turistas gays estão entre os que mais viajam e gastam no mundo, e costumam procurar destinos onde sejam bem recebidos e tenham uma boa opção cultural, de lazer, e com estabelecimentos voltados para o público LGBT. Alguns lugares no mundo figuram entre os mais tradicionais no roteiro de viagens de homossexuais. Veja 10 deles. 

1. Nova York, Estados Unidos
Cidade eclética e liberal, Nova York não tem uma comunidade gay concentrada em apenas uma área, mas restaurantes, bares e livrarias voltadas para este público estão espalhadas por seus cinco distritos. Um dos pontos mais simbólicos para a comunidade gay é o pequeno bar de Stonewall Inn, na rua de Christopher Street, em Greenwich Village, onde começaram ações em 1969 que serviram como marco do movimento gay na cidade.

2. Rio de Janeiro, Brasil
Muitos turistas gays do mundo inteiro visitam o Rio de Janeiro para curtir suas belas praias, suas paisagens estonteantes e seu ambiente liberal durante o ano inteiro. Especialmente, durante o carnaval. Eleito melhor destino gay em 2009, o Rio conta com um grande número de lojas, cinemas e baladas GLS, além de sediar uma importante parada gay que atrai milhões de pessoas.

Amsterdã é conhecida como a capital gay e lésbica da Europa
Foto: Amsterdam Mediabank / Divulgação

3. Sydney, Austrália
Em Sydney, a comunidade gay e lésbica é parte vital, bem organizada e colorida da sociedade. Sydney recebe o maior evento turístico do país, o Mardi Gras, como é conhecida a parada gay. A parada é seguida por mais de 500 mil pessoas em meio a muita festa e corpos bronzeados.

4. Londres, Inglaterra
Londres é uma cidade multicultural e de mente aberta, recebendo também de braços abertos a comunidade gay. A capital inglesa tem uma importante oferta de estabelecimentos para o público homossexual, com bares, restaurantes, lojas e saunas, em uma comunidade baseada principalmente em volta das ruas de Soho.

5. San Francisco, Estados Unidos
San Francisco é uma das capitais mundiais do movimento gay. Bandeiras de arco-íris enfeitam as janelas de apartamentos e bares em diversas áreas da cidade, principalmente no bairro de Castro, famoso reduto gay. O mês de junho é especialmente agitado com o festival do cinema gay e a semana do orgulho gay, coroada pela Parada do Orgulho Gay, Lésbico, Bissexual e Transgênero.

A capital inglesa tem uma importante oferta de estabelecimentos para o público homossexual
Foto: Visit London / Divulgação

6. Paris, França
Chique e glamourosa, a capital francesa tem muitos atrativos para o público gay. Além de um ambiente liberal e aberto, Paris tem uma rica variedade cultural e artística, inúmeras lojas de moda, ótima gastronomia e uma vida noturna agitada. O charmoso bairro do Marais é o principal reduto gay da cidade, com livrarias, bares, lojas e restaurantes voltados para o público homossexual.

7. Buenos Aires, Argentina
Buenos Aires é uma das cidades mais amigáveis para a comunidade homossexual em toda a América Latina. A legalização do casamento gay confirmou a fama da cidade, que tem discotecas e bares para a comunidade LGBT, uma importante parada gay e áreas reputadas por sua atividade da comunidade nas avenidas Santa Fé e Pueyrredon.

8. Tóquio, Japão
A maioria dos destinos da Ásia é conhecida por sua pouca tolerância aos assuntos da comunidade GLS. Mas o assunto é diferente em Tóquio, imensa cidade cosmopolita com uma vibrante vida noturna gay. Esta é considerada a capital homossexual do continente.

9. Amsterdã, Holanda
Conhecida como a capital gay e lésbica da Europa, Amsterdã é uma cidade que se encontra entre as mais liberais do mundo. A capital holandesa tem mais de 100 bares, baladas, hotéis, livrarias, academias e todo tipo de serviço para o público homossexual. Amsterdã recebe também a única parada gay a ser realizada sobre a água, nos canais da cidade.

10. Los Angeles, Estados Unidos
Los Angeles tem uma das populações gay mais concentradas dos Estados Unidos, tornando a cidade um dos principais destinos para homossexuais. Liberal e ensolarada, a cidade tem um ambiente propício para se divertir com muitos bares e discotecas gays, com o bairro de West Hollywood como principal ponto freqentado pela comunidade.

 

Andrés Bruzzone Comunicação