Internacional
 
 

Vida e Estilo » Turismo » Turismo

 Conheça os lugares onde a terra não para de se mexer

A Islândia também sofre com erupções vulcânicas, tremores e terremotos. Foto: VisitIceland/Divulgação

A Islândia também sofre com erupções vulcânicas, tremores e terremotos
Foto: VisitIceland/Divulgação

Terremotos encontram-se entre os fenômenos naturais que mais causam medo e destruição. Em alguns lugares do planeta, os movimentos sísmicos são muito frequentes ou quase constantes. Mesmo assim, tem gente que curte visitar destinos onde a terra não para de se mexer.

Conheça oito lugares para quem quer sentir a terra tremendo, selecionados pela Lonely Planet.

1) Krakatoa, Indonésia
A ilha indonésia de Krakatoa, situada entre as ilhas de Java e Sumatra, é conhecida por ter tido uma erupção vulcânica que é considerada como a mais violenta da história, em 1883. O barulho da explosão, uma sucessão de erupções de 22 horas, foi ouvido a até 5 mil quilômetros de distância. O resultado: 40 mil mortos e uma ilha onde restou apenas o vulcão em atividade constante e até 130 movimento sísmicos por dia.

2) Montserrat, Antilhas Britânicas
A pequena ilha britânica de Montserrat, no Caribe, destaca-se por suas impressionantes formações rochosas, e também por seu vulcão, o Soufrière Hill. Responsável pela destruição do aeroporto local, que causou dezenove mortes durante uma erupção em 1997, o vulcão faz também com que a ilha seja afetada por numerosos tremores.

3) Parque Nacional Vulcão Poás, Costa Rica
A Costa Rica é dona de uma rica biodiversidade e muitas belezas naturais. O Parque Nacional Vulcão Poás reúne algumas delas, com lagos situados em diferentes crateras. Turistas em visita ao parque são pegos de surpresa com frequência por tremores e terremotos. O último mais grave aconteceu em 2009, causando mortes e fechando vários dos caminhos do parque.

4) Falha de San Andreas, Estados Unidos
Responsável por violentos sismos na Califórnia, como o famoso terremoto de San Francisco de 1906, com 7,8 graus na escala Richter, a Falha de San Andreas estende-se por mais de 1200km. A Falha é criada pelo encontro entre as placas tectônicas do Pacífico e Norte-America.

5) Landmannalaugar, Islândia
Rica em belezas e atrações naturais, a Islândia também sofre com erupções vulcânicas, tremores e terremotos. A região de Landmannalaugar, conhecida por suas termas, gêisers e montanhas coloridas, fica próxima do vulcão Hekla, um dos mais ativos do país, e que causa frequentes movimentos telúricos.

6) Tongariro, Nova Zelândia
A cerca de 300km de Auckland, o Parque Nacional de Tongariro tem 800km² de florestas, rios, montanhas e vulcões. O vulcão Tongariro, com numerosas crateras cobertas de água com diferentes tons de azul, cria muita beleza, mas também provoca tremores frequentes, mas, por enquanto, leves.

7) Terraços de Pamukale, Turquia
Além de causar destruição e mortes, terremotos podem também criar belezas naturais como os terraços de Pamukkale, no sudoeste da Turquia. Fruto de um movimento sísmico que aconteceu há milhões de anos, os terraços formam piscinas naturais incríveis, numa das maiores atrações turísticas do país.

8) Caldeira de Yellowstone, Estados Unidos
Conhecida como "supervulcão de Yellowstone", a caldeira situada neste famoso parque dos estado de Wyoming, nos Estados Unidos, tem uma cratera de mais de 90 km de extensão. Sob o solo, sua atividade é constante, causando pequenos tremores muito frequentes no parque.

Andrés Bruzzone Comunicação
  1. Krakatoa, Indonésia: a ilha indonésia de Krakatoa, situada entre as ilhas de Java e Sumatra, é conhecida por ter tido uma erupção vulcânica que é considerada como a mais violenta da história, em 1883. O barulho da explosão, uma sucessão de erupções de 22 horas, foi ouvido a até 5 mil quilômetros de distância. O resultado: 40 mil mortos e uma ilha onde restou apenas o vulcão em atividade constante e até 130 movimento sísmicos por dia

    Foto: Lip Kee Yap/Divulgação

  2. Montserrat, Antilhas Britânicas: a pequena ilha britânica de Montserrat, no Caribe, destaca-se por suas impressionantes formações rochosas, e também por seu vulcão, o Soufrière Hill. Responsável pela destruição do aeroporto local, que causou dezenove mortes durante uma erupção em 1997, o vulcão faz também com que a ilha seja afetada por numerosos tremores

    Foto: David Stanley/Divulgação

  3. Parque Nacional Vulcão Poás, Costa Rica: a Costa Rica é dona de uma rica biodiversidade e muitas belezas naturais. O Parque Nacional Vulcão Poás reúne algumas delas, com lagos situados em diferentes crateras. Turistas em visita ao parque são pegos de surpresa com frequência por tremores e terremotos. O último mais grave aconteceu em 2009, causando mortes e fechando vários dos caminhos do parque

    Foto: stock.xchng/Divulgação

  4. Falha de San Andreas, Estados Unidos: responsável por violentos sismos na Califórnia, como o famoso terremoto de San Francisco de 1906, com 7,8 graus na escala Richter, a Falha de San Andreas estende-se por mais de 1200km. A Falha é criada pelo encontro entre as placas tectônicas do Pacífico e Norte-America

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  5. Landmannalaugar, Islândia: rica em belezas e atrações naturais, a Islândia também sofre com erupções vulcânicas, tremores e terremotos. A região de Landmannalaugar, conhecida por suas termas, gêisers e montanhas coloridas, fica próxima do vulcão Hekla, um dos mais ativos do país, e que causa frequentes movimentos telúricos

    Foto: VisitIceland/Divulgação

  6. Tongariro, Nova Zelândia: a cerca de 300km de Auckland, o Parque Nacional de Tongariro tem 800km² de florestas, rios, montanhas e vulcões. O vulcão Tongariro, com numerosas crateras cobertas de água com diferentes tons de azul, cria muita beleza, mas também provoca tremores frequentes, mas, por enquanto, leves

    Foto: Andrew C Parnell/Divulgação

  7. Terraços de Pamukale, Turquia: além de causar destruição e mortes, terremotos podem também criar belezas naturais como os terraços de Pamukkale, no sudoeste da Turquia. Fruto de um movimento sísmico que aconteceu há milhões de anos, os terraços formam piscinas naturais incríveis, numa das maiores atrações turísticas do país

    Foto: GoTurkey/Divulgação

  8. Caldeira de Yellowstone, Estados Unidos: conhecida como "supervulcão de Yellowstone", a caldeira situada neste famoso parque dos estado de Wyoming, nos Estados Unidos, tem uma cratera de mais de 90 km de extensão. Sob o solo, sua atividade é constante, causando pequenos tremores muito frequentes no parque

    Foto: stock.xchng/Divulgação

/turismo/foto/0,,00.html

 
 
 

 
 
Últimas »