Turismo
 
 

Vida e Estilo » Vida e Estilo

 Confira 10 gêiseres impressionantes pelo mundo

Gêiser Castle, nos Estados Unidos. Foto: Getty Images

Gêiser Castle, nos Estados Unidos
Foto: Getty Images

De origem islandesa, a palavra "gêiser" significa "fonte jorrante" e descreve bem este estranho fenômeno. Gêiseres são buracos que liberam fortes jatos de água quente e vapor de dentro da terra e só acontecem em áreas com vulcões ativos.

Isso porque os gêiseres precisam do magma incandescente para existirem. O calor liberado pelo material aquece a água da chuva ou de neve derretida que entra no subsolo. O líquido ganha pressão e acaba expulso em forma de uma coluna de água que pode chegar a centenas de metros de altura.

Embora pareça fácil, os gêiseres são relativamente raros. No mundo todo, existem menos de mil. Embora o nome seja da Islândia, a região que mais concentra esses buracos é os Estados Unidos: a área de Yellowstone possui nada menos que 400.

Quer saber mais? Veja na aba de fotos as imagens de 10 gêiseres famosos pelo mundo.

Terra
  1. The Great Geysir, Islândia
    Um dos mais tradicionais gêiseres do país, o 'Grande Geysir' fica no vale Haukadalur, conhecido por sua intensa atividade de gêiseres. Seus jatos já chegaram a 122 metros de altura e suas atividades são descritas desde o século 13. Nos últimos 100 anos, no entanto, terremotos e erupções vulcânicas diminuíram sua atividade, que atualmente se restringe a poucas vezes por dia

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  2. Strokkur, Islândia
    A apenas 50 metros do Great Geysir, o gêiser Strokkur faz parte da área geotérmica do vale Haukadalur. Suas primeiras atividades foram descritas no século 18, depois que um terremoto abriu a fenda que daria origem ao gêiser. Seu nome quer dizer 'grande agitação' e seus jatos, freqüentes todos os dias, chegam a 50 metros

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  3. Old Faithful, Yellowstone, EUA
    Localizado dentro do Parque Nacional Yellowstone, em Wyoming, o 'Velho Fiel' foi batizado durante a expedição, em 1870, que definiria mais tarde a área do parque. Capaz de espirrar água a mais de 50 metros de altura, ele fica próximo da estalagem Old Faithful Inn e dentro do distrito histórico que leva seu nome

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  4. Castle, Wyoming, EUA
    Também localizado dentro Parque Nacional Yellowstone, o gêiser Castle recebeu esse nome por seu formato lembrar a torre de um castelo. Na verdade, as bordas de seu buraco possuem precipitações rochosas que deram esse formato único a ele. Seus jatos eram expelidos de meia em meia hora e chegaram a quase 30 metros de altura. Depois de um terremoto no Alasca, no entanto, sua atividade acabou diminuindo

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  5. Waimangu, Nova Zelândia
    Já foi considerado o gêiser mais poderoso do mundo, com jatos de mais de 400 metros. Como expelia água misturada a lama, foi chamado pelos Mooris (nativos locais) de Waimangu, que quer dizer 'água negra'. Acabou extinto em 1904, quando uma obra mudou a direção do fluxo de água. Hoje restam apenas as piscinas termais, mas sua história não se perde. Em 1903, quatro turistas foram engolidos pelo buraco e morreram após uma violenta explosão

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  6. Lady Knox, Nova Zelândia
    Localizado na área de Wai-o-Tapu, dentro da região vulcânica de Taupo, o Lady Knox foi nomeado assim em homenagem à filha de um político do país. Os jatos de mais de 20 metros podem durar uma hora. As erupções fizeram com que sílica fosse depositada na base do buraco, formando um cone branco característico

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  7. Pohutu, Nova Zelândia
    O gêiser fica dentro de uma das áreas de maior atividade termal da Nova Zelândia, no vale Whakarewarewa, em Rotorua. Seu nome em linguagem maori significa 'explosão'. De fato, seu jato de água pode chegar a 30 metros de altura e pode ser visto cerca de 20 vezes por dia

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  8. Vale dos Gêiseres, Rússia
    Localizado no lado oriental do país, em Kamchatka, o campo de gêiseres e águas termais é um dos maiores do mundo, com cerca de 90 buracos ativos e é considerado um Patrimônio Natural Mundial. Cercado por montanhas, o acesso ao vale só pode ser feito através de helicópteros

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  9. El Tatio, Chile
    Junto com os salares, são uma das atrações mais procuradas pelos turistas que estão no Deserto do Atacama. Localizado a 90 de San Pedro do Atacama, é preciso subir a uma altitude de 4.320 metros logo pela manhã para conseguir ver o campo, repleto de gêiseres de todos os tamanhos e piscinas termais

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  10. Dallol, Etiópia
    Um dos lugares mais inusitados do planeta, os gêiseres do vulcano Dallol são os únicos que expelem sais minerais junto com a água. O vulcão, aliás, já é por si só uma atração: ele é o único vulcão abaixo do nível do mar sem ter água por cima

    Getty Images
    Foto: Getty Images

/turismo/foto/0,,00.html