Vida e Estilo » Turismo » Turismo

 Conheça os mais belos castelos do vale do Loire

O castelo de Chenonceau é considerado um dos mais belos da região, principalmente pela sua ubiquação privilegiada sobre o rio Cher, que espelha sua .... Foto: ATOUT France/ Daniel Philippe/Divulgação

O castelo de Chenonceau é considerado um dos mais belos da região, principalmente pela sua ubiquação privilegiada sobre o rio Cher, que espelha sua bela imagem
Foto: ATOUT France/ Daniel Philippe/Divulgação

O vale do Loire não por acaso foi a escolha dos príncipes e reis da França: o lugar oferece paisagens belíssimas, um clima bem agradável e vinhos e comidas de primeira. Nesta região, próxima de Paris, a nobreza do país esbanjou fortunas construindo alguns dos mais impressionantes castelos do mundo. Hoje, muitos deles estão abertos à visitação e até é possível pernoitar e viver uma autêntica noite principesca. Saiba mais sobre esses belos castelos abaixo:

Château de Chambord
Com 1,128 metros de fachada, 440 quartos e 365 lareiras (isso mesmo, uma por cada dia do ano!), o Château de Chambord é o maior da região do Loire. Este castelo se situa no meio de um parque de 5,5 mil hectares, das quais 4,5 mil são de floresta, e era o local onde o conde de Blois convidava seus amigos para partidas de caça no século 16.

Château de Chenonceau
O castelo de Chenonceau é considerado um dos mais belos da região, principalmente pela sua ubiquação privilegiada sobre o rio Cher, que espelha sua bela imagem. A arquitetura do estilo Renaissance ecoa os tempos de grandeza, quando aqui morava Catarina de Medici, conhecida como "a rainha orgulhosa". Um museu de cera reproduz a figura dos habitantes e hóspedes ilustres, como o pensador Jean Jacques Rousseau. Destaque especial para o parque (iluminado, à noite, é incomparável) e as coleções que o castelo guarda: móveis, tapetes e quadros de grandes pintores.

Castelo Real de Blois
Uma das residências favorita dos reis da França, o castelo de Blois foi construído para mostrar ao mundo a importância e o poder da coroa. E se o exterior é imponente, nos quarto e salas é possível vivenciar a verdadeira magnitude do cotidiano da corte, com decorações e móveis exuberantes. O castelo se alça no alto de um promontório no coração da cidade de Blois e funciona como uma amostra dos melhores estilos da arquitetura francesa: cada uma das áreas que rodeiam o pátio central homenageia um período. No castelo funciona também um museu de Belas Artes.

Château de Cheverny
A 15km de Blois, o château de Cheverny ficou famoso por inspirar o autor de quadrinho Hergé, pai de Tintim, no castelo do desenho, chamado Moulinsart. Uma exposição permanente mostra a obra do desenhista, de origem belga. Mas o maior atrativo de Cheverny está na sua decoração interior, da época de Louis XII, e que faz deste um castelo único. Cheverny não mudou de mãos desde sua construção em 1630 e a família proprietária, os Hurault, fizeram questão de manter tudo como estava quando os antepassados recebiam para dormir o próprio rei da França - que tinha um quarto reservado para seu uso exclusivo.

Château de Chaumont sur Loire
O Château de Chaumont deve boa parte de sua beleza ao local que ocupa, na margem esquerda do rio Loire, no alto de uma falésia e rodeado por árvores. Construído no final do século 15, o castelo foi famoso pela qualidade dos cavalos que nele se criavam. Os locais onde os cavalos se repousavam e eram treinados foram considerados os mais luxuosos da Europa, com uma das primeiras iluminações elétricas - somente igualada pela Ópera de Paris.

Château de Amboise
Construído a partir do século XV sob o comando de três reis, Carlos II, Louis XII e Francisco I, o Château de Amboise está sob o mesmo local de um antigo castelo do qual nada restou. O estilo é feudal, com torres redondas e muros grossos. A vista desde o castelo, que se alça por sobre a cidade de Amboise, é uma das mais belas da região do Loire. Na capela do castelo estão, supostamente, os restos de Leonardo da Vinci, que morou numa residência, a convite de Francisco I, entre 1516 e sua morte, em 1519.

Château de Saumur
Por dez anos, o Château de Saumur sofreu trabalhos de reforma. O resultado é magnífico e vale a pena conferir: a tecnologia mais moderna combina com a preservação do patrimônio histórico. O castelo, do final da Idade Média, parece saído de um conto de fadas, mas já foi fortaleza, prisão e, claro, residência de reis e de príncipes. Guarda ainda um Museu do Cavalo, único no seu tipo e herdeiro da tradição equestre da cidade de Saumur.

Château d' Azay le Rideau
Exemplo do estilo Renaissance, o Château d' Azay le Rideau,em Touraine é considerado o primeiro em seu tipo, por aliar o charme do château francês com a magnitude do palácios italianos. Nasceu como residência de prazer e, diferente dos outros, não foi construído por um rei ou um nobre, mas por um rico financeiro da alta burguesia da região. Os jardins e o passeio à beira do rio são muito românticos, mas o que deixa o visitante maravilhado são os móveis, os tapetes e a vasta coleção de arte, entre os quais se encontram os quadros históricos decoram o quarto onde se repousou Louis XIII.

Château e Jardins de Villandry
Se alguma coisa fez célebre o Château de Villandry são os seus jardins, construídos como terraços e considerados uma obra magna da especialidade que tanto apreciara a aristocracia francesa. A construção acabou em 1536, o que faz de Villandry o último grande castelo construído na beira do Loire. No início do século 20, o château estava condenado à demolição, mas um espanhol Joaquin de Carvallo, o comprou e restaurou. Atualmente são os bisnetos dele que cuidam da propriedade.

Château d' Angers
A cidade de Angers é famosa pela sua arte e história, que se respira no ar de suas ruas bem conservadas. Bem no meio desta cidade encontram-se os muros de uma fortaleza com 17 torres: dentro, a bela e cálida residência dos duques de Anjou. Os jardins e os aposentos são reflexo da vida aprazível da família. Um dos pontos altos da visita é um tapete representando o Apocalipse, maior tapete medieval, com uma superfície de 104 metros quadrados.

Andrés Bruzzone Comunicação
  1. Com 1,128 metros de fachada, 440 quartos e 365 lareiras (isso mesmo, uma por cada dia do ano!), o Château de Chambord é o maior da região do Loire

    Foto: ATOUT France/Lèonard de Serres/Divulgação

  2. O castelo de Chenonceau é considerado um dos mais belos da região, principalmente pela sua ubiquação privilegiada sobre o rio Cher, que espelha sua bela imagem. A arquitetura do estilo Renaissance ecoa os tempos de grandeza, quando aqui morava Catarina de Medici, conhecida como "a rainha orgulhosa"

    Foto: ATOUT France/ Daniel Philippe/Divulgação

  3. Uma das residências favorita dos reis da França, o castelo de Blois foi construído para mostrar ao mundo a importância e o poder da coroa. E se o exterior é imponente, nos quarto e salas é possível vivenciar a verdadeira magnitude do cotidiano da corte, com decorações e móveis exuberantes

    Foto: ATOUT France/ Michel Angot/Divulgação

  4. O château de Cheverny ficou famoso por inspirar o autor de quadrinho Hergé, pai de Tintim. Uma exposição permanente mostra a obra do desenhista, de origem belga

    Foto: ATOUT France/ Martine Prunevieille/Divulgação

  5. Construído a partir do século XV sob o comando de três reis, Carlos II, Louis XII e Francisco I, o Château de Amboise está sob o mesmo local de um antigo castelo do qual nada restou. O estilo é feudal, com torres redondas e muros grossos

    Foto: ATOUT France/ Martine Prunevielle/Divulgação

  6. O Château de Chaumont deve boa parte de sua beleza ao local que ocupa, na margem esquerda do rio Loire, no alto de uma falésia e rodeado por árvores. Construído no final do século 15, o castelo foi famoso pela qualidade dos cavalos que nele se criavam

    Foto: ATOUT France/ Michel Angot/Divulgação

  7. Por dez anos, o Château de Saumur sofreu trabalhos de reforma. O resultado é magnífico e vale a pena conferir: a tecnologia mais moderna combina com a preservação do patrimônio histórico

    Foto: ATOUT France/ R. Cast/Divulgação

  8. Exemplo do estilo Renaissance, o Château d' Azay le Rideau,em Touraine é considerado o primeiro em seu tipo, por aliar o charme do château francês com a magnitude do palácios italianos

    Foto: ATOUT France/Catherine Bibollet/Divulgação

  9. Se alguma coisa fez célebre o Château de Villandry são os seus jardins, construídos como terraços e considerados uma obra magna da especialidade que tanto apreciara a aristocracia francesa. A construção acabou em 1536, o que faz de Villandry o último grande castelo construído na beira do Loire

    Foto: ATOUT France/Catherine Bibollet/Divulgação

  10. A cidade de Angers é famosa pela sua arte e história, que se respira no ar de suas ruas bem conservadas. Bem no meio desta cidade encontram-se os muros de uma fortaleza com 17 torres: dentro, a bela e cálida residência dos duques de Anjou

    Foto: ATOUT France/Hervé Le Gac/Divulgação

/turismo/foto/0,,00.html