Internacional

publicidade

Veja 7 maravilhas da arquitetura contemporânea pelo mundo

Este museu de arte moderna na cidade de Graz, na Áustria, pode ser comparado a um baiacu, ou um tentáculo de polvo
Foto: Divulgação

Nos últimos 15 anos, muitos monumentos que são verdadeiras maravilhas do mundo moderno foram criados. O site Condé Nast Traveller listou as obras contemporâneas mais inspiradoras do mundo; o Brasil está na lista. Veja:

 

Millennium Park  (EUA): este parque de Chicago é uma espécie de jardim zoológico cultural, um espaço de lazer urbano com esculturas, música, dança, desenhos e outras artes. A peça central é Anish Kapoor Cloud Gate. A paisagem urbana de Chicago é refletida e distorcida em sua superfície polida como se estivesse em uma sala de espelhos. Em outra parte do parque, dois blocos com fachadas de vidro, são telas de cinema que exibem as características de pessoas de Chicago.
 
The Red Ribbon   (China): é uma espécie de banco escarlate sinuoso, de meio quilômetro, que passa pelo Tanghe River Park, um espaço recuperado na cidade chinesa de Qinhuangdao. Quatro pavilhões estão espalhadas ao longo de seu comprimento, onde é possível descansar à sombra e contemplar a paisagem. Mas a fita vermelha é mais do que um lugar para se sentar: é também estrutura para crianças fazerem escalada e um caminho de passeio. O local é ainda mais espetacular à noite, quando a faixa fica toda iluminada.
 
Kielder Belvedere (Inglaterra): a obra futurista fica à beira do Kielder, em Northumberland. Do lago, o monumento que parece um megafone embrulhado para presente, suas superfícies curvas refletem as formas e as cores do céu. É uma cabana em forma de cunha e a vista da frente é uma janela que emoldura o litoral do outro lado do lago. Você pode esperar dentro do local  a balsa se aproximar.
 
Hotel Marques de Riscal (Espanha): o telhado surpreendente é feito em aço prateado e dourado e titânio lilás, cores inspiradas nas tampas de prata, malha de fio de ouro e conteúdos roxos de uma garrafa de Marqués de Riscal. Mas as formas liquescentes do telhado também evocam os prazeres do vinho em geral. O edifício é, em outras palavras, um instantâneo semi-abstrato de alguns vinhos da Gran Reserva girando em torno da bacia ampla de um recipiente grande.
 
Museu de Arte Contemporânea (Brasil): não há praticamente uma linha reta na arquitetura do Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Pode-se dizer que é sem dúvida umas das obras mais importantes do arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer. "Sou atraído por fluxo livre, curvas sensuais", disse o arquiteto sobre a obra. 
 
Auditório de Tenerife (Espanha): o auditório de Tenerife fica na capital da ilha, em Santa Cruz. A localização marítima levou muitas pessoas a comparar a obra surpreendente  de concreto com a crista de uma onda ou barbatana de uma baleia. Na verdade, parece de alguma forma, algo até mais perigoso, como a lâmina de uma adaga, ou a cauda de um escorpião. Arquitetonicamente, o auditório é uma do salão Sydney Opera House.
 
Kunsthaus Graz (Áustria): este museu de arte moderna na cidade de Graz pode ser comparado a um baiacu, ou um tentáculo de polvo. Os arquitetos britânicos, Peter Cook e Colin Fournier, descremem a obra como “construção biomorphous”. Certamente, o museu parece quase vivo, em parte porque - como uma criatura das profundezas - sua pele pode criar padrões de mudança e emitem luz. A membrana exterior azul é ornamentada com luzes, que podem ser programados para exibir imagens animadas.
 

Terra