América

publicidade

Veja quais são os 35 cartões-postais de capitais da América

Levantada pelos colonizadores espanhóis no começo do século 16, a Fortaleza Ozama é uma estrutura militar e imponente que forma um belo cartão-postal de Santo Domingo
Foto: Divulgação
 

Com paisagens, línguas e culturas extremamente variadas, a América tem atrações para todos os gostos. Da América do Sul à América do Norte, passando pela América central e o Caribe, o continente americano reúne monumentos, natureza, praças e palácios entre suas atrações. Confira a seguir uma lista dos cartões-postais das capitais da América:

Obelisco, Buenos Aires, Argentina
Erguido em 1936 para comemorar os 250 anos da fundação de Buenos Aires, o Obelisco acabou se transformando no principal símbolo da cidade.  Com 67 metros de altura, o monumento encontra-se situado sobre a Avenida 9 de Julio, a mais importante de Buenos Aires e  mais larga do mundo.

Plaza Murillo, La Paz, Bolívia
Segundo a constituição boliviana, Sucre é a capital do país. No entanto, considera-se que a Bolívia tenha duas capitais, contando com La Paz, maior cidade e sede dos Poderes Legislativo e Executivo e Judiciário. Principal praça e cartão-postal de La Paz, Plaza Murillo está rodeada de importantes edifícios como a Catedral de Nossa Senhora de La Paz, o Palácio do Governo e o Congresso Nacional.

Praça dos Três Poderes, Brasília, Brasil
Situada no extremo leste do Plano Piloto, a Praça dos Três Poderes é um dos pontos mais característicos de Brasília. O Palácio do Planalto, a sede do Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional, obras criadas por Oscar Niemeyer, são importantes monumentos situados na praça.

Palácio de los López, Asunción, Paraguai
Sede do governo do Paraguai, o Palácio de los López foi construído a partir de 1857, transformando-se num marco histórico e cultural da capital paraguaia. Situado no centro histórico da cidade, o Palácio fica ainda mais belo de noite, quando fica inteiramente iluminado.

Palácio de la Moneda, Santiago, Chile
Localizado no centro de Santiago, o Palácio de la Moneda foi erguido entre 1784 e 1805 para ser Casa da Moeda na época colonial chilena. O imponente edifício acabou se transformando em sede da presidência e conheceu seus dias mais obscuros ao ser bombardeado pelos militares durante o golpe de estado que matou o presidente Salvador Allende, levando Augusto Pinochet ao poder.  Hoje restaurado, o Palácio é um importante cartão-postal de Santiago.

Plaza de Armas, Lima, Peru
Coração do centro histórico da capital peruana, a Plaza de Armas tem belos edifícios coloniais que incluem a Catedral da cidade, o Palácio de Governo e a prefeitura. Foi nesta praça que Francisco Pizarro fundou Lima, em 1535, e que foi declarada a independência do Peru, em 1821. Assim como o resto do centro histórico de Lima, a Plaza de Armas foi tombada como patrimônio mundial da UNESCO.

Panecillo, Quito, Equador
Bela cidade dos Andes a 2 800 metros acima do nível do mar, a capital equatoriana é protegida por uma estátua de 30 metros de sua padroeira, a Virgem de Quito. Em Panecillo, colina do centro histórico onde está a estátua, turistas podem curtir uma impressionante vista de 360 graus sobre a cidade desde um mirante.

Praça de Bolivar, Bogotá, Colômbia
Praça principal de Bogotá, a Praça de Bolívar está rodeada por alguns dos mais belos edifícios da cidade. O Palácio de Justiça, a Catedral Primada de Bogotá e a Casa de Cabildo são algumas das construções do século dezenove da praça, que tem em seu centro uma estátua do prócer latino-americano Simón Bolívar.

Catedral de Caracas, Caracas, Venezuela
Primeira igreja da cidade, construída em 1641, a Catedral de Caracas teve sua atual fachada erguida em 1771 e é um lindo edifício colonial da capital da Venezuela. Sede da arquidiocese de Caracas, a Catedral está situada na bela Plaza Bolívar.

Mercado de Stabroek, Georgetown, Guiana
Construído em 1842, o mercado de Stabroek é um dos marcos de Georgetown, capital da Guiana. A estrutura de aço e ferro cobre uma superfície de 7 mil m², e funciona até hoje como mercado da cidade, com um movimento intenso de vendedores e compradores e uma grande variedade de produtos.

Praça  Independência, Montevidéu, Uruguai
Situada no limite entre a Cidade Velha e o centro de Montevidéu, a Praça Independência mistura prédios modernos com edifícios coloniais. No centro da praça, uma estátua homenageia o herói nacional José Artigas, cujos restos descansam num mausoléu situado na própria praça.

Catedral de São Pedro e São Paulo, Paramaribo, Suriname
Estrutura de madeira considerada como uma das maiores e mais belas do mundo, a Catedral de São Pedro e São Paulo de Paramaribo, capital do Suriname, foi erguida em 1883. A Catedral tem espaço para 340 pessoas e conta com três sinos e 18 confessionários.

Canal do Panamá, Cidade do Panamá, Panamá
Via de navegação que permite cruzar entre o Atlântico e o Pacífico sem precisar passar pelo Cabo de Hornos, o Canal do Panamá é uma impressionante obra da engenharia inaugurada em 1914 que atravessa 78 km de território do país. As vistas do canal, com seu tráfego de navios, se transformaram desde então num importante cartão-postal de Cidade do Panamá.

Teatro Nacional, San José, Costa Rica
Principal teatro da Costa Rica, o Teatro Nacional de San José, capital do país, é uma bela estrutura de arquitetura neoclássica inaugurada em 1897. Até os dias de hoje, tanto fazer um tour guiado pelo edifício quanto assistir a uma peça, são programas altamente recomendados durante uma visita a San José.

Antiga Catedral de Manágua, Nicarágua
Catedral da capital do Nicarágua até 1993, a Antiga Catedral de Manágua foi erguida entre 1928 e 1938 e teve sua estrutura danificada no terremoto de 1972. A arquitetura desta Catedral, que é hoje um dos principais marcos turísticos da cidade, foi inspirada na igreja de Saint-Sulpice de Paris.

Cristo del Picacho, Tegucigalpa, Honduras
Inaugurado em 1997, o imponente Cristo del Picacho tem 2 500 toneladas e 32 metros de altura sobre um monte do norte de Tegucigalpa, capital do Honduras. Principalmente à noite, enquanto está iluminado, o Cristo é visível por cerca da metade da população da cidade.

Parlamento, Belmopan, Belize
Situada no centro do Belize, Belmopan é uma pequena cidade de cerca de 20 mil habitantes. Construído nos anos 70, quando a cidade de sua quase destruição pelo furacão Hattie, o edifício do Parlamento tem uma arquitetura moderna e é um dos prédios mais distintivos de Belmopan.

Teatro Nacional de San Salvador, San Salvador, El Salvador
Teatro mais antigo da América central, o Teatro Nacional de San Salvador foi inaugurado em 1917. Situado no centro da cidade, o edifício segue uma arquitetura renascentista francesa, com belos interiores que, até os dias de hoje, ainda recebem atividades constantes como teatro, concertos, seminários e eventos importantes na vida cultural e política de San Salvador.

Praça da Constituição, Cidade da Guatemala, Guatemala
Também conhecida como Parque Central, a Praça da Constituição é uma bela praça do centro histórico da Cidade da Guatemala. Cercada por edifícios históricos como a Catedral Metropolitana e o Palácio Nacional da Cultura, a praça tem uma linda fonte e serve de ponto de encontro para os habitantes da cidade.

Zócalo, Cidade do México, México
Principal cartão-postal da imensa Cidade do México, a praça do Zócalo tem diferentes atrações. O Palácio Nacional, com murais do famoso artista mexicano Diego Rivera, e a Catedral Metropolitana são alguns dos monumentos do Zócalo que encantam os turistas.

Washington Monument, Washington D.C., Estados Unidos
Obelisco de 170 metros de altura no coração de Washington D.C., o Washington Monument é feito em mármore, granito e arenito e foi erguido entre 1848 e 1888. Esta demora deveu-se à falta de fundos originada pela Guerra Civil dos Estados Unidos e é possível distinguir a etapa inicial e a etapa final da construção pelos diferentes tons de pedra na base e no topo.

Colina do Parlamento, Ottawa, Canadá
A Colina do Parlamento é o local que recebe o edifício do Parlamento canadense, uma bela estrutura que é um dos símbolos do Canadá. A combinação entre a vegetação que cerca o edifício e a imponente arquitetura cria um dos mais belos cartões-postais de Ottawa, capital do país.

Praça da Revolução, Havana, Cuba
Com cerca de 72 mil m², a Praça da Revolução é uma das maiores do mundo, além de ser um importante cartão-postal da Havana, capital cubana. Originalmente criada nos tempos de Fulgêncio Batista, derrocado pelos comandados por Fidel Castro, a praça homenageia hoje, com esculturas e memoriais, os principais símbolos da revolução cubana como José Marti, Camilo Cienfuegos e, claro, Che Guevara.

Fortaleza Ozama, Santo Domingo, República Dominicana
Levantada pelos colonizadores espanhóis no começo do século 16, a Fortaleza Ozama é uma estrutura militar e imponente que forma um belo cartão-postal de Santo Domingo, capital da República Dominicana. Junto a outros monumentos coloniais de Santo Domingo, a Fortaleza Ozama faz parte do Patrimônio Mundial da Unesco.

Palácio Presidencial, Port-au-Prince, Haiti
O Palácio Presidencial foi uma das estruturas mais bonitas entre as muitas que foram derrubadas pelo violento terremoto que assolou o Haiti em 2010. Construído em 1918, o Palácio era um belo cartão-postal de Port-au-Prince todo pintado de branco e com três cúpulas, e começou a ser recuperado neste ano após sua destruição.

Cable Beach, Nassau, Bahamas
Capital das Bahamas, Nassau tem tudo para aqueles que querem apenas relaxar sob o sol do Caribe. Com águas cristalinas e areias brancas, a praia de Cable Beach tem casinos, resorts e residências, e é uma das praias mais características de Nassau.

Devon House, Kingston, Jamaica
Magnífica mansão do século 19 e símbolo da diversidade cultural da Jamaica, nunca deixa de encantar os turistas no coração de Kingston, capital da Jamaica. A mansão era propriedade de George Stie, o primeiro milionário negro do país, e conta com uma linda arquitetura colonial cercada por belos jardins.

Museu Nacional, Porto de Espanha, Trinidad e Tobago
Museu mais importante de Trinidad e Tobago, país caribenho ao largo da Venezuela, o Museu Nacional expõe a história do país, seus costumes, e obras de artistas locais. O museu foi estabelecido em 1892 num belo edifício colonial da capital, Porto de Espanha.

Catedral de Roseau, Roseau, Domínica
Pequeno paraíso ecológico  caribenho, a Domínica tem uma linda natureza e muita tranquilidade em sua pacata capital Roseau. Um dos principais marcos turísticos da cidade é a Catedral do Roseau, com arquitetura gótica  construída entre o começo do século 19 e o começo do século 20.

Pitons, Castries, Santa Lúcia
Magnífica ilha do Caribe, Santa Lúcia tem belas praias, resorts de luxo e muita vegetação. Sua pequena capital, Castries, tem os picos vulcânicos conhecidos como os Pitons como pano de fundo, criando um belo visual panorâmico digno de cartão-postal.

Catedral Anglicana de Saint John’s , Saint John’s, Antigua e Barbuda
Situada na ilha de Antigua, Saint John’s, capital de Antigua e Barbuda, tem pouco mais de 20 mil habitantes, e se destaca por sua tranquilidade e seus dias ensolarados.  Terminada em 1848, a Catedral Anglicana de Saint John’s tem um estilo neobarroco com duas torres que sobressaem na paisagem da cidade.

Edifício Mutual Life, Bridgetown, Barbados
Capital de Barbados, Bridgetown combina os prazeres de uma cidade caribenha ensolarada com os vestígios históricos da colonização inglesa. Entre os edifícios que se destacam em Bridgetown, o Mutual Life Assurance Society, construído no final do século dezenove, é um dos mais charmosos e conhecidos.

Kingstown, São Vicente e Granadinas
Coberta de praias, vegetação abundante, montanhas e cachoeiras, a ilha de São Vicente é a maior do arquipélago caribenho de São Vicente e Granadinas, além de ser onde está situada a capital Kingstown. Frente às águas turquesa da região, o pequeno porto de Kingstown dá um charme especial à cidade.

Porto de Saint George’s, Saint George’s, Granada
País caribenho composto pela ilha de Granada e por metade sul das Ilhas granadinas, Granada é um típico destino do Caribe com muito sol e belas praias. Cercada pela cratera de um antigo vulcão, Saint George tem um porto em forma de ferradura que abriga pequenas embarcações.

Igreja Anglicana de Saint George, Basseterre, St. Kitts e Névis
Formado pela ilha turística de São Cristóvão e a ilha menor e mais tranquila de Névis, o arquipélago de São Cristóvão e Névis é o menor estado soberano da América, e tem como capital a cidade de Basseterre, com uma população de 15 mil habitantes. Construção de 1869, a Igreja Anglicana de Saint George é o principal monumento da capital.

Andrés Bruzzone Comunicação