0

Navios apostam em aventuras radicais a bordo; conheça

23 mai 2013
07h27
atualizado às 11h19
  • separator
  • 0
  • comentários

Em fase de construção, o navio Quantum of the Seas, da Royal Caribbean International, terá o primeiro simulador de paraquedismo em um cruzeiro. A novidade é mais um atrativo radical nos transatlânticos, que vêm apostando em experiências eletrizantes a bordo.

As companhias criaram uma série de atrações esportivas e divertidas para aumentar a adrenalina na viagem, como montanhas-russas, simuladores de surf, tobo-águas gigantescos e escaladas. Abaixo você confere algumas atividades já disponíveis ou prestes a inaugurarem para quem gosta de aventura.

FlowRider – Essa já é uma das atividades radicais tradicionais dos mares. O FlowRider, presente nos navios da classe Oasis da Royal Caribbean International (Oasis e Allure of the Seas), além de outros como o Freedom of the Seas, é um simulador de surf. Nele os passageiros que já praticam o esporte, ou os que querem aprender, podem testar suas habilidades e se divertir enquanto outros observam, aplaudem, ou riem dos tombos.

AquaDuck – Os navios da Disney Cruise Line são divertidos por natureza, afinal, levam a marca de uma das maiores companhias de entretenimento do Mundo. Mas o Disney Fantasy vai além e oferece uma das atrações que mais tiram o fôlego dos cruzeiristas, o AquaDuck. Localizado no Aquapark do navio, é a primeira e maior montanha-russa localizada em um navio. São 233 metros de mergulhos, giros e quedas para os hóspedes mais corajosos, passando por tubos que em alguns trechos deixam o navio e passam por cima do oceano.

Epic Plunge – O Epic é um dos mais tradicionais navios da Norwegian Cruise Line e apresenta uma grande quantidade de tobo-águas, entre eles o Epic Plunge. Nele os aventureiros passam por um funil gigante antes de descerem por 60 metros, até caírem em uma piscina.

Escalada no mastro – Veleiros são encantadores e têm um ar de nostalgia e classe, mas também podem ser bastante radicais. É o caso dos navios da companhia Star Clippers, nos quais é possível brincar de pirata. É permitido aos passageiros, sob supervisão, é claro, escalarem um dos mastros da embarcação durante a viagem. A vista do oceano promete tirar o fôlego de quem tiver coragem de manter os olhos abertos.

Vertigo – A temporada brasileira 2013/2014 terá pela primeira vez essa atração no MSC Preziosa, o mais novo navio da MSC Cruzeiros. O Vertigo é um tobogã com trajeto de 120 metros, em uma aventura radical com voltas, curvas, contornos pela popa que saem do navio e passam por cima do mar em um tubo transparente. São 13 metros de altura e as pessoas ali atingem uma velocidade de 6 metros por segundo.

RipCord by iFly – Essa atração ainda não está pronta, mas promete ser uma das mais radicais dos mares. O RipCord by iFly ficará no navio Quantum of the Seas, da Royal Caribbean International, e será um simulador de paraquedismo a bordo. Dentro de um tubo de ar translucido, ao ar livre, paraquedistas e curiosos poderão se divertir como se estivessem saltando de um avião. A embarcação será inaugurada em 2014.

North Star – O Quantum of the Seas terá outra atração que proporcionará adrenalina. O North Star não será um simulador, nem um brinquedo, mas não deixa de ser radical. Dentro de uma cápsula de vidro em formato de joia os passageiros serão erguidos em um passeio a mais de 270 metros acima do mar, tanto por cima do deck como para fora do navio, e terão uma vista de 360º.

Fonte: Canarinho Press Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade