Cruzeiros

Cruzeiros

publicidade
12 de novembro de 2012 • 11h22 • atualizado em 21 de Novembro de 2012 às 16h43

Empresas apostam em programas especiais para crianças em cruzeiros

Pais e filhos podem aproveitar juntos diversos programas em um cruzeiro marítimo
Foto: Edu Barcellos (Fotocontexto)/Divulgação Royal Caribbean
 

Cruzeiro é um passeio romântico, sim. Mas também pode ser um delicioso roteiro em família, mesmo com filhos pequenos. Para esse público, empresas estão investindo em atividades para entreter os pequenos, que vão desde programações específicas nos navios tradicionais a embarcações temáticas para a garotada curtir com os pais.

O fato é que ter filho deixou de ser desculpa para não embarcar em cruzeiros. Pelo contrário. Os passeios a bordo tornaram-se um roteiro disputado pelos pais. As maiores companhias oferecem uma programação especial para os pequenos. Mas é preciso pesquisar bem antes de fechar o pacote para saber quais oferecem opções de lazer. Há cruzeiros mais para casais e outros com foco em família, explica Marco Ferraz, presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa).

"Os barcos para famílias têm atividades para todas as idades. Enquanto os pais vão ao teatro, por exemplo, as crianças podem ficar brincando" diz Ferraz.

Na Royal Caribbean existe o Adventure Ocean, um programa para crianças e adolescentes de 3 a 17 anos, com atividades divididas por faixas etárias, como noites do pijama, experiências científicas, caças ao tesouro e festas temáticas. Para os bebês de 6 a 36 meses, a companhia tem ações específicas com acompanhamento de monitores especializados. No navio também há um serviço de babá, que é cobrado à parte. A sala de games tem preço diferenciado.

A Royal Caribbean tem também uma parceria com a DreamWorks nos navios Allure of the Seas, Oasis of the Seas, Liberty of the Seas e Freedom of the Seas. Os hóspedes têm a chance de interagir com personagens como Shrek, Kung Fu Panda, Gato de Botas e Madagascar, os mesmos que durante a viagem farão apresentações exclusivas - shows no gelo e na água. Há ainda filmes em 3D com a turma da DreamWorks. 

Nos navios da MSC a grade de atividades é dividida por clubes, conforme a idade. O Mini Club atende crianças dos 3 aos 6 anos. É uma área colorida para recreação que oferece entretenimento diário e espaço para correr, mergulhar, nadar e brincar. O Junior's Club é para crianças de 7 a 11 anos, com atividades esportivas, festas, games e shows. Para os adolescentes, o Teens Club inclui festas à noite com música ao vivo.

Nos navios há possibilidade de cabines para família. Mas, se o casal quiser ter a própria cabine, é possível que as crianças fiquem em uma acomodação ao lado, com uma porta intermediária. Outra vantagem é que além de uma agenda específica as companhias contam com menus especialmente desenvolvidos para as crianças.

Além da agenda para os pequenos nos cruzeiros tradicionais, as companhias criaram navios temáticos para toda a família. Até a poderosa Disney entrou nesse mercado com o Disney Cruise Line. As viagens saem dos Estados Unidos e levam ninguém menos do que o Mickey a bordo. Personagens também estão presentes no Grandeur of the Seas, uma parceria da Royal Caribbean com o canal Discovery Kids. As crianças viajam acompanhadas do simpático Doki e de seus amigos Mundi, Gabi, Anabella. As saídas serão em dezembro, do Panamá.

Agora acabaram as desculpas para não embarcar com os pequenos. Opções não faltam. 

Dicas para crianças
- Quando você chegar ao navio leve seu filho ao centro de atividades e depois retorne com ele para a sua cabine. Isso ajudará a orientá-lo dentro da embarcação. 
- Se você vai precisar de babá, pergunte antes se a companhia oferece o serviço e o preço. Em média, é cobrado 20 dólares (R$ 40) por hora para até três crianças.
- Crianças que usam fralda não pode frequentar piscinas ou hidromassagens.
- Se seu filho usa fralda, confirme se há venda do produto no navio. 

Canarinho Press Terra