publicidade
07 de fevereiro de 2012 • 07h27

Conheça praias brasileiras próprias para nudismo

Surfistas adeptos do naturismo frequentam a Praia Brava, em Cabo Frio (RJ)
Foto: Divulgação
 

Na hora de arrumar a mala para uma viagem à praia, biquínis, maiôs e sungas não ficam de fora. Porém, estas peças são dispensáveis para um grupo de veranistas que prefere curtir o sol e o mar com total liberdade: os naturistas. Adeptos da prática do nudismo, eles ganharam direito a andar sem roupa em oito praias do litoral do Brasil.



Sim, há destinos especiais para isso, já que ficar como veio ao mundo em qualquer praia pode render multa e prisão ao turista, por atentado violento ao pudor. Para evitar qualquer tipo de punição, o melhor a se fazer é procurar pelas praias oficiais, com decretos municipais que autorizam homens, mulheres e crianças andarem nus.



No Brasil, a liberdade é dada nas praias de Massarandupió (Entre Rios/BA), Barra Seca (Linhares/ES), Abricó (Grumarí/RJ), Olho de Boi (Búzios/RJ), Galheta (Florianópolis/SC), Pedras Altas (Palhoça/SC), Praia do Pinho (Balneário Camboriú/SC) e Tambaba (Conde/PB). Porém, apenas Abricó, Praia do Pinho e Tambaba têm infraestutura para receber turistas. "As outras acabam sendo exploradas apenas por grupos de amigos", afirma Eduardo Oide, dono da MDM Naturs, agência especializada em turismo naturismo.



Apesar de placas indicarem a proibição de roupas, há um espaço de adaptação, onde os novos praticantes da ideologia podem ficar com uma peça ou outra. Além disso, normas criadas pela Federação Brasileira de Naturismo (FBrN) mantêm a ordem pública. Ficou curioso? Aproveite para conhecer cada uma das praias de nudismo do nosso País.



Praia do Pinho (SC)

A mais antiga praia de nudismo do Brasil fica no Balneário Camboriú, em Santa Catarina. A Praia do Pinho tem acesso controlado, dando mais privacidade e segurança aos turistas vindos de todo País e de países da América do Sul. "É comum ver carros com placas da Argentina, do Chile, do Uruguai e até do Paraguai", diz Eduardo. Naturistas se divertem nas piscinas naturais formada entre rochas, durante o verão. Por lá, existem bares, restaurantes, camping, pousada e área para estacionamento.



Tambaba (PB)

Paredões rochosos deixam a praia de Tambaba, em Conde, na Paraíba, mais privativa. O mar limpo, a piscina de águas mornas e a beleza natural fazem do lugar o mais famoso destino para os naturistas do Brasil e do exterior. "A infraestrutura de turismo oferecida é profissional, com pousadas, restaurantes e atividades turísticas", afirma Eduardo. O requinte deu visibilidade internacional à praia paraibana, sendo incluída em pacotes vendidos na Europa e Estados Unidos.



Abricó (RJ)

Cercada por uma bela paisagem com pedras e muito verde, a praia do Abricó é uma das mais frequentadas pelos naturistas brasileiros. É na região de Grumarí, na zona oeste do Rio de Janeiro, que turistas podem curtir a nudez com privacidade. O local conta com pousadas e restaurante.



Massarandupió (BA)

Localizada na cidade de Entre Rios, no estado da Bahia, a praia de Massarandupió tem paisagem encantadora, com mar limpo e ondas agitadas. A paisagem do local, que fica a 93 km de Salvador, fica completa com pássaros, dunas e coqueirais, sendo um verdadeiro paraíso de proteção ambiental. Naturistas podem desfrutar de dois quilômetros de praia, com barracas onde são vendidas comidas e bebidas.



Barra Seca (ES)

Naturistas têm uma reserva especial no litoral do Espírito Santo. A praia de Barra Seca, com 2 km de extensão, está no município de Linhares, a 142 km da capital Vitória. Pouco frequentada, a única praia oficial de naturismo do litoral capixaba fica numa ilha, e se destaca pelo mar bravo e a pela areia grossa.



Olho de Boi (RJ)

A menor praia de nudismo do Brasil fica em Búzios, no Rio de Janeiro. Os 50 metros de extensão de Olho de Boi são de pura beleza natural protegida por dois costões. Turistas usam o mar calmo para tomar banhos relaxantes. A hospedagem é feita fora da praia, em hotéis na área urbana da cidade.



Galheta (SC)

O cenário da praia da Galheta, em Florianópolis, é deslumbrante. Combina água cristalina, areia branca, formações rochosas, arbustos, orquídeas e bromélias. Tudo isto em 950 metros de extensão. O mar calmo é ideal para o banho dos naturistas. Frequentada por surfistas "peladões", a praia fica junto ao Parque Municipal da Praia da Galheta, local de preservação ambiental. Apesar da falta de infraestrutura para receber turistas, é possível encontrar hospedagem e alimentação nas praias vizinhas: à Lagoa da Conceição e Praia Mole.



Pedras Altas (SC)

É dentro da Reserva Biológica da Serra do Tabuleiro, em Palhoça (SC), que está localizada a praia de Pedras Altas. Bromélia, pés de frutas silvestres e animais dividem espaço com os naturistas. A 30 km de Florianópolis, o turista além de curtir riachos e piscinas naturais, ideal para crianças, também se aventura na trilha que leva à praia com 3 km de extensão. No local há uma pousada, restaurante e bar.



Naturismo de ocasião

O roteiro de verão dos naturistas pode alcançar outras praias. Contudo, fique atento, pois o nudismo entre amigos nestes destinos é tolerado, mas não é oficial. Isso significa que autoridades públicas podem interromper o passeio a qualquer momento e aplicar punições, embora não seja usual.



Ilha de Jurubá (RJ)

Em Paraty, no litoral do Rio de Janeiro, em meio à Mata Atlântica, está a Ilha de Jurubá. Frequentada por naturistas desde 2006, o local é banhado pelo mar calmo. Lá fica instalado o Centro Ecológico Naturista Helio Marinho Jurubá, com serviço de acomodação e restaurantes aos visitantes.



Praia Brava (RJ)

Cercada por paredões rochosos de cerca de 20 metros de altura, a Praia Brava fica em Cabo Frio, no Rio de Janeiro. Deserto e com águas claras e selvagens, o local atrai apaixonados por surfe, mas de um jeito um jeito diferente do que a maioria das pessoas está acostumada. Os atletas pegam onda pelados.



Praia Taípe (BA)

Na vila baiana de Arraial D¿Ajuda - Porto Seguro (BA) -, a Praia de Taípe é frequentada não só por tartarugas em época de desova. Grupos de amigos aproveitam o isolamento do local para tirar a roupa e ficar em contato com o mar de ondas altas. No lugar há serviço de bar e restaurante.



Praia da Princesa (PA)

Adeptos do nudismo na região Norte frequentam a Praia da Princesa, na Ilha de Algodoal, na cidade de Maracanã, no Pará. Cheia de pedras, a praia conta bares à beira-mar. Seguindo o exemplo de outros destinos, as ondas fortes atraem naturistas e surfistas.



Praia do Alto (SP)

São Paulo não poderia ficar de fora da lista de praias para ficar sem roupa. Entre a praia Vermelha do Norte e a praia de Itamambuca, em Ubatuba, está a Praia do Alto, frequentada por naturistas. Apesar de pouco visitada, é lembrada pelas areias claras e águas calmas e cristalinas.



Agência Hélice,
Especial para o Terra
Terra