Turismo

publicidade

Conheça 25 pontes incríveis pelo mundo

Imagem da ponte Nanpu, que fica em Xangai, China
Foto: Getty Images
 

Mais do que construções úteis, as pontes são também uma excelente forma de caracterizar uma cidade e ainda mostrar as tradições culturais através da arquitetura local. Por isso, muitas vezes, elas acabam se tornando marcos arquitetônicos e símbolos de grandes cidades.

Quer saber mais? Selecionamos pontes incríveis que surpreendem pela sua beleza e majestosidade.

Rialto, Veneza, Itália
Outro exemplar da belíssima arquitetura veneziana, este ponte é sem dúvida um dos cartões postais mais famosos do mundo. É também a ponte mais antiga a cortar o Grande Canal em Veneza, datando de 1181. A estrutura em arco feita em pedra, no entanto, foi feita em 1551 depois que a ponte foi destruída em um incêndio. Seguindo o costume do passado, até hoje, inúmeras lojas e ambulantes de amontoam em suas margens para comercializar suas mercadorias.

Ponte Vecchio, Florença, Itália
Construída ainda na Roma Antiga, a ponte de Florença foi a primeira a ligar as duas margens do rio Arno, em 1218. Sua base em grandes arcos e as pequenas janelas que mais parecem caixinhas de joias conquistaram até mesmo nazistas, que mantiveram a construção intacta (especula-se que a ordem partiu diretamente de Hitler). Dominada por joalheiros e merchants, a ponte hoje é dominada por turistas em suas caminhadas pela cidade.

Python, Amsterdam, Holanda
Desenhada pelo escritório de arquitetura West 8, de Rotterdam, a ponte de 93 metros foi inspirada nas formas onduladas de uma serpente - por isso, ela também é conhecida como Anaconda. Feita em aço, a passagem de pedestres ficou pronta em 2001 e recebeu o prêmio International Footbridge Award 2002 pela sua originalidade.

Oresund Fixed Link, Estreito de Oresund, Dinamarca e Suécia
A impressionante obra de engenharia foi feita com um objetivo: ligar Suécia e Dinamarca por trem e carro. O resultado foi Oresund, que possui um túnel submerso por quatro quilômetros e que emerge das águas do mar continua sua jornada até a margem. Acima do nível dos trilhos, existe a rodovia. A um custo impressionante de US$ 3 bilhões, a construção é, segundo seu site oficial, uma das mais longas pontes estaiadas do mundo.

Ponte Chengyang, Chengyang, China
É uma das mais famosas construções da etnia Dong, conhecida por fazer pontes cobertas chamadas de "ponte do vento e da chuva". Embora date de 1916, Chengyang ainda hoje funciona como ligação entre duas grandes vilas locais e recebe tráfego pesado. Com vários corredores e varandas, a ponte é um baluarte da cultura Dong e suas detalhadas ilustrações talhadas em painéis de madeira internos.

Ponte dos Suspiros, Crambridge, Inglaterra
Inspirado pela belíssima ponte coberta de Veneza, o arquiteto inglês Henry Hutchinson ergueu uma semelhante, em 1831, no colégio St. John da Universidade de Cambridge. As semelhanças, no entanto, acabam por aí, já que suas janelas e vitrais em muito remontam à tradição arquitetônica inglesa. Romântica, a construção foi uma das favoritas da Rainha Vitória e é uma das principais atrações da cidade até hoje.

Ponte dos Suspiros, Veneza, Itália
Construída em 1602, a Ponte dei Sospiri é uma das principais atrações da cidade italiana. Sua estrutura toda coberta e trabalhada é feita em calcário e com janelas finamente decoradas, fazendo a ligação entre as antigas prisões e as salas de interrogatório do Palácio Doge sobre o rio Di Palazzo. Diz a lenda que os prisioneiros, melancólicos com seu destino, suspiraram ao ver a beleza da cidade uma última vez - daí o seu nome.

Nanpu, Xangai, China
Seu formato espiralado é o que mais chama a atenção nesta ponte, construída em 1991 em associação com o governo local. Dividida em seis faixas, a estrutura de concreto e aço é sustentada por cabos e é capaz de receber cinco milhões de carros. Por tudo isso, ela se mantém como uma das maravilhas da engenharia moderna.

Tsing Ma, Hong Kong
Mais uma ode à engenharia moderna, a ponte Tsing Ma se enquadra entre as maiores construções suspensas do mundo. A ponte liga a cidade de Hong Kong ao Aeroporto Internacional na ilha Lantau, tem 2,2 quilômetros de extensão e serve para veículos e passagem de trens. Aberta em 1997, ela foi planejada para suportar até mesmo os grandes tufões que acometem a região ¿ nesse caso, embora a rodovia feche, os trens podem continuar levando passageiros normalmente.

Alamillo, Sevilha, Espanha
Construída por ninguém menos que o arquiteto Santiago Calatrava, a Alamillo passa sobre o canal Afonso XIII e leva até a ilha de La Cartuja, onde fica um grande monastério local. Erguida em 1992, seu projeto inicial previa ainda uma irmã gêmea ao seu lado - ideia que foi abandonada. De formas limpas, seus cabos de aço são todos ligados em um único pilar que serve para sustentar seus 200 metros de extensão.

Akashi-Kaikyo, estreito de Akashi, Japão
A Akashi-Kaikyo foi um desafio para os engenheiros japoneses, que precisaram erguer, em 1998, uma construção capaz de suportar os freqüentes tremores de terra que acontecem diariamente em solo japonês. Foram 4,3 bilhões gastos em uma estrutura com quase quatro quilômetros de extensão. Curiosidade: a extensão total de fios de aço usados na ponte (300 mil quilômetros) seria suficiente para dar 7,5 voltas ao redor da Terra.

Ponte Széchenyi, Budapeste, Hungria
Mais conhecida como "ponte pênsil", é mais uma das tantas obras do Velho Continente que continuam a encantar milhões de turistas. Passando sobre o rio Danúbio, a ponte possui duas robustas torres de pedra que sustentam quase 5,2 toneladas. Durante os finais de semana de verão, ela é fechada para carros e se torna um grande festival de artes e cultura ao ar livre.

The Helix Bridge, Cingapura
Inspirada na dupla hélice da molécula de DNA, seu desenho futurista foi especialmente pensado para virar um ponto turístico da cidade. Tanto que, durante as noites, a iluminação destaca a dupla hélice, criando um espetáculo visual para os visitantes. Além de ligar o centro da cidade à marina, a ponte também recebe dezenas de desenhos infantis para serem expostos em seu interior.

Ponte Vasco da Gama, Lisboa, Portugal
Uma das mais altas construções do país, a construção passa acima do rio Tejo e serve como ligação entre Lisboa e outras cidades menores. Inaugurada em 1998, é uma das mais extensas da Europa e recebeu esse nome em homenagem aos 500 anos da chegada de Vasco da Gama às Índias, em 1498.

Forth Rail Bridge, Edimburgo, Escócia
A moderna estrutura de aço que tanto chama a atenção nesta ponte, por incrível que pareça, foi construída ainda no século XIX, quando todo o projeto da ponte foi feito. Ainda hoje, ela é uma das mais emblemáticas construções da capital escocesa e ainda representa uma importante parte da malha ferroviária do país.

Viaduto de Millau, França
No sul da França, uma das maiores maravilhas da engenharia moderna foi inaugurada no final de 2004. O Viaduto de Millau é a ponte mais alta do mundo, com seus 343 m de altura. A ponte suspensa atravessa o vale do rio Tarn e tem 2.460 m de extensão.

Golden Gate, São Francisco
A ponte Golden Gate, que liga a cidade com a península de San Francisco é um dos maiores emblemas da cidade de São Francisco, na Califórnia. A ponte suspensa tem mais de 2.700 m de comprimento, com duas torres que se erguem a 227 m de altura sobre as águas da baía. Tanto as torres quanto a cor vermelha da ponte são elementos inseparáveis desse cartão-postal de São Francisco.

Ponte de Bósforo, Istambul
Construída entre 1970 e 1973, a Ponte de Bósforo liga a parte europeia à asiática de Istambul, maior cidade da Turquia. A ponte, que passa sobre as águas do estreito de Bósforo, tem 1.510 m de comprimento e 64 m de altura. À noite, é iluminada por luzes coloridas, criando uma bela cena noturna com a cidade ao fundo.

Ponte do Brooklyn, Nova York
Primeira ponte suspensa de aço do mundo, inaugurada em 1823, a ponte do Brooklyn une Manhattan e o bairro do Brooklyn, em Nova York. Atravessada diariamente por milhares de automobilistas, ciclistas e pedestres, tem 1.800 m de comprimento e alcança a altura de 37 m sobre East River.

Ponte da Baía de Hangzhou, China
No leste da China, a ponte da Baía de Hangzhou liga Xangai à cidade de Ningbo por um trajeto de 36 km, o que a torna uma das maiores pontes marítimas do planeta. Começou a ser construída em 2003 e foi concluída em 2008, reduzindo pela metade a duração do percurso.

Ponte 25 de Abril, Lisboa
Inaugurada em 1966, a Ponte 25 de Abril (conhecida na época como Ponte Salazar) liga Lisboa à cidade de Almada, atravessando o Rio Tejo em um comprimento de mais de 2.200 m. Pela ponte, muito parecida com a ponte Golden Gate de São Francisco, transitam carros e também trens.

Ponte Octávio Frias de Oliveira, São Paulo
Mais conhecida como Ponte Estaiada, foi inaugurada em 2008 em São Paulo e, rapidamente, tornou-se um dos maiores cartões-postais da cidade. Atravessa o rio Pinheiros, tem comprimento de 1.600 m e altura de 138 m. A construção também é iluminada por holofotes coloridos, o que a deixa mais bonita.

Tower Bridge, Londres
Conhecida como "a ponte da torre", é uma ponte basculante no coração de Londres, sobre o rio Tâmisa. Foi inaugurada em 1894 e levou oito anos para ser construída. Trata-se de uma das mais belas e famosas do mundo, com uma arquitetura surpreendente: tem duas grandes torres, uma passarela e a construção que se abre para deixar passar barcos pelo rio.

Ponte Alexandre III, Paris
Paris tem muitas belas pontes sobre o rio Sena. Mas nenhuma delas é tão bonita quanto a ponte Alexandre III, que une a esplanada dos Invalides com o Grand Palais. Inaugurada em 1900, a ponte metálica de 40 m é toda decorada por estátuas. Uma curiosidade: embaixo dela, há uma balada muito frequentada pelos habitantes de Paris.

Ponte da Mulher, Buenos Aires
Projetada pelo famoso arquiteto espanhol Santiago Calatrava, a Ponte da Mulher tem design surpreendente no coração do bairro de Puerto Madero, em Buenos Aires. A ponte é giratória, se move para deixar passar os barcos que passam pelo porto de Buenos Aires e tem uma "agulha" que segura os cabos que mantêm a estrutura.

Terra