2 eventos ao vivo

Aprenda a montar uma mala de viagem sustentável

9 jan 2013
15h29
atualizado em 10/1/2013 às 07h17
  • separator
  • comentários
Atitudes simples que podem ser incorporadas na sua rotina de viagem contribuem para um planeta mais limpo e sustentável
Atitudes simples que podem ser incorporadas na sua rotina de viagem contribuem para um planeta mais limpo e sustentável
Foto: Shutterstock

Na euforia para sair de férias, boa parte dos turistas faz as malas às pressas, sem pensar no impacto negativo que uma bagagem mal feita pode causar ao meio ambiente. Afinal, o desperdício de espaço e até mesmo o excesso de volume - acredite - podem atingir em cheio a natureza.
Cada vez mais popular entre os defensores da causa verde, o termo “viajar leve” é uma união de várias práticas que geram um turismo com menor impacto ambiental e facilitam a vida do viajante por meio de hábitos simples, como a adoção de uma mala eficiente, que tenha apenas a quantidade de roupas necessária para cada estadia.
Isso porque, meios de transporte como o carro, por exemplo, exigem mais combustível quando estão mais pesados, assim como  os aviões, que aumentam seu consumo caso o bagageiro esteja carregado. “Com a mala mais leve, poderão ser escolhidos meios de transporte mais econômicos e sustentáveis. Também é possível dispensar o táxi e seguir seu trajeto de trem, metrô ou até mesmo a pé”, lembra Eliete Teixeira, consultora de organização.
Por isso, o primeiro passo para montar a bagagem sustentável é pensar no período da viagem. Se for curta, escolha uma mala pequena, apenas com itens que você tenha certeza que irá usar. Aquele pensamento de “isso talvez seja útil” não vale mais. Para facilitar, cheque a previsão do tempo e leve roupas de acordo com o clima da região a ser visitada. Além disso, vale a pena escolher peças-coringa, com diferentes combinações e cores mais neutras.
Já os produtos de higiene pessoal têm de ser carregados em embalagens miniatura. No entanto, diversos hotéis oferecem xampus, condicionadores e sabonetes, o que possibilita eliminá-los da lista. A maioria também conta com secadores de cabelo e até chapinhas.
Contudo, caso precise levar produtos, escolha aqueles que têm menor impacto ambiental, sejam biodegradáveis ou em embalagens compactas. Isso porque o excesso de produtos descartáveis aumenta a quantidade de lixo. O material da própria mala também conta: as de tecido são mais leves que as de fibra rígida.
Turista consciente
Mesmo com uma mala otimizada, há outras atitudes que podem ajudar o planeta. Escolha hotéis que se preocupem com essa questão. Alguns possuem sistemas de lavanderia que utilizam menos água, além de vasos sanitários inteligentes (que economizam na quantidade de água utilizada). Além disso, fique atento na hora de jogar fora pilhas usadas de câmeras fotográficas, por exemplo. Se possível, procure um posto ou entregue na recepção do hotel para que sejam descartadas corretamente.
Fonte: Agência Hélice Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade