Bragantino goleia Duque de Caxias e fica próximo do G-4

04 de novembro de 2011 • 22h45 • atualizado às 23h04
Meia Reinaldo comemora um dos gols da goleada do Bragantino, nesta sexta
Meia Reinaldo comemora um dos gols da goleada do Bragantino, nesta sexta
04 de novembro de 2011
Paulo Dimas/Futura Press

O Bragantino tomou um susto no início, mas fez valer o melhor momento e goleou por 6 a 2 o Duque de Caxias, nesta sexta-feira, em Volta Redonda, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os paulistas chegaram a 51 pontos e entraram de vez na briga por uma vaga no G-4 da competição. Já o time do Rio, rebaixado, apenas cumpre tabela até o fim da temporada.

Os donos da casa abriram o placar com Tony, mas os visitantes conseguiram a virada ainda no primeiro tempo. Reinaldo e Felipe colocaram o Bragantino a frente. Na etapa final, Lincom, Léo Jaime (duas vezes) e Luis Carlos fizeram para os paulistas. Gilcimar fez o segundo para os tricolores.

Na próxima rodada, o Bragantino vai até Pernambuco encarar o Salgueiro, penúltimo colocado, na terça-feira. No mesmo dia, o Duque de Caxias vai receber o Vila Nova em Volta Redonda.

O jogo

A partida começou com o Duque de Caxias melhor em campo. Não demorou muito para os donos da casa abrirem o placar no Estádio Raulino de Oliveira. Erick Flores fez jogada individual pela direita e cruzou para a área; Tony apareceu e, de peixinho, cabeceou para a rede do Bragantino.

Só que o gol fez com que o Bragantino fosse ao ataque. A equipe paulista conseguiu o empate pouco tempo depois: Reinaldo arriscou de fora da área e acertou a rede do Duque de Caxias. O goleiro Thiago Schmidt tentou espalmar, mas acabou colocando para dentro do gol.

Depois do início movimentado, as duas equipes passaram a se cuidar mais no setor defensivo. Com isso, a partida ficou mais centralizada no meio, sem muita emoção. O Duque de Caxias tinha mais poder de ataque, só que pecava no momento de criar situações de gol na área do Bragantino.

Quando parecia que o jogo iria para o intervalo no empate, o Bragantino conseguiu a virada aos 44min. Romarinho chutou cruzado e Luiz Felipe apareceu para tocar para a rede e colocar os visitantes em vantagem para a etapa final.

No segundo tempo, o Bragantino iniciou com tudo e, na primeira oportunidade no ataque, ampliou o placar. Após cruzamento, Lincom apareceu sozinho dentro da pequena área para marcar e dar tranquilidade para a equipe paulista.

Com a vantagem no placar, o Bragantino passou a administrar o resultado. Os paulistas avançavam pouco, e, em um contra-ataque, chegou ao quarto gol. Léo Jaime foi lançado pela direita, entrou na área e chutou sem chance para Thiago Schmidt.

Depois da goleada consolidada, os visitantes diminuíram o ritmo e viram o Duque de Caxias tentar impor uma pressão buscando deixar o placar menos dilatado. No entanto, aos 32min, novamente Léo Jaime marcou para fazer o quinto do Bragantino.

Antes do fim do jogo, Júnior Lopes cometeu pênalti em Gilcimar e o mesmo atacante cobrou para fazer o segundo dos cariocas. No entanto, antes do fim, Luis Carlos ainda marcou o sexto dos paulistas para dar números finais ao confronto.

Gazeta Esportiva
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar