publicidade
04 de julho de 2012 • 10h52

Por que é tão difícil encontrar um amor de verdade?

A ciência já mostrou de muitas formas que amar e estar com alguém que se ama faz bem para nossa saúde
Foto: Getty Images
 

Será que o ser humano tem que amar ou pode viver sem este sentimento sem explicação tangível? Para responder a esta pergunta, vou repetir um pensamento de Leon Tolstoi sobre o amor: "o homem (ou mulher) ama porque o amor é a essência da sua alma. Por isso não pode deixar de amar."

» Aprenda simpatias para ter amor, dinheiro e felicidade
» Siga Vida e Estilo no Twitter
» vc repórter: mande fotos e notícias

É claro que estou falando do amor por outra pessoa. Por um parceiro, companheiro, par, cúmplice ou relação amorosa. Aquela pessoa que teoricamente nos faz ir do céu ao inferno em segundos, por causa das fortes emoções, paixões e amores intensos ou calmos.

A ciência já mostrou de muitas formas que amar e estar com alguém que se ama faz bem para nossa saúde, cabeça, corpo e emoções. Também já vimos que por amor, podemos sofrer, chorar, ter doenças e até matar.

Mas o ser humano não nasceu para ficar sozinho. Nasceu para viver em pares, formar um casal. Ter uma relação amorosa sadia, serena e séria. Uma relação que tem amor. Logo, basta encontrar seu par e viver uma bela relação amorosa.

Se fosse fácil assim, o mundo não teria tanta gente reclamando que está sozinha, sem um amor ao seu lado ou com alguém do lado, mas sem aquele amor apaixonante. Em mais de 20 anos como profissional que escuta e analisa a vida dos clientes, sempre vejo elas reclamarem que está difícil de encontrar um amor ou alguém para amar. Até ai eu diria normal esta dificuldade, pois, por muitos motivos, as pessoas estão mais seletivas nas escolhas das relações amorosas.

Mas o que mais me assusta e a reclamação de não encontrar "um amor verdadeiro". Se já está difícil encontrar ou viver um amor, o que podemos dizer de um amor verdadeiro? E o que é um amor verdadeiro? É um amor perfeito, sem mentiras e sem problemas? Um amor que nada de ruim acontece ou que não há mágoas?

Eu acredito na força amor e que quem ama tem que ser verdadeiro consigo e com seu parceiro. Mas, um amor sem problemas algum, aí já é utópico ou quase.

Joshua Cooke fala muito bem sobre o tema quando escreve que "o amor é o sentimento dos seres imperfeitos, posto que a função do amor é levar o ser humano à perfeição. Como são sábios aqueles que se entregam às loucuras do amor!". Daí criamos um nó amoroso em nossas vidas. Estamos querendo algo que não existe para nós. Se você quer um amor verdadeiro, no qual não irá sofrer, ter mágoas, que será perfeito e até eterno, aonde está tudo isto neste universo que vivemos?

Deseje para você um amor ou uma relação amorosa sadia e inteira. Um amor sincero e feliz.

Novamente trago um pensamento de Leon Tolstoi sobre o tema que resume bem esta ideia: "amor não é se envolver com a pessoa perfeita, aquela dos nossos sonhos. Não existem príncipes nem princesas. Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos. O amor só é lindo quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser."

Amor real é aquele que vivemos com simplicidade e com o coração. Pense nisto e ame muito.

Ficou com dúvida? Quer saber mais sobre o trabalho de Franco Guizzetti, ou entrar em contato com ele, clique aqui.

Franco Guizzetti