Vida a dois

publicidade

Preliminares são o primeiro passo para uma boa transa

 

Como todo homem deseja ser considerado uma máquina sexual por suas parceiras e toda mulher quer uma transa inesquecível, fomos consultar a ginecologista e terapeuta sexual, Dra. Glene Rodrigues, em busca de dicas para fazer com que o começo da transa seja o melhor possível:

1 - Criando intimidade sexual
A primeira coisa que um homem tem que entender é que é preciso sempre criar intimidade sexual com sua parceira, por mais que a relação tenha anos. E não é só na cama. Dar flores, bombons, pequenos presentes, mandar mensagens no meio do dia, ir ao um motel e até mesmo ajudar em tarefas cotidianas já ajudam a criar o clima certo para a noite de volúpia.

2 - Nunca esqueça do que fazia quando tentava conquistá-la
Mulheres são tácteis e auditivas em termos de excitação. Dizer ao pé do ouvido frases carinhosas e elogios são ótimas maneiras de ligar o botão de On/Off para um momento de prazer. Toda mocinha gosta de escutar que é bonita ou gostosa e sabemos que você fazia isso quando estava tentando trazê-la para seu lado, portanto não abandone o ato. No lado táctil é que entram beijos, abraços e carícias que seguramente vão despertar o lado mais safado dela.

3 - Não caia na armadilha do mea culpa/sua culpa
Não existe script para uma boa preliminar e sim alguns truques e muita paz de espírito. Isso porque muitos mancebos quando notam que a menina não está se excitando como ele esperava, começa a ter crises de auto-estima e achar que está fazendo algo errado, para logo depois virar o jogo mentalmente e colocar que o problema é dela. Lembre-se: os tempos de excitação são diferentes e na verdade ela está pedindo um pouco mais de "brincadeiras" para aquecer o motor.

4 - Use o GPS sexual
Para casais novos ou primeiras transas existe uma dica fundamental para os caras: prestar atenção se o que você está fazendo está agradando ou não. E como fazer isso? Ela pode te indicar ou você pode perguntar (isso dá mais liberdade a ela para se abrir depois) ou ainda você pode contar sempre com o "gemidômetro" (se ela gemer mais está bom, se ela não gemer está ruim). Lembrando que existem duas pessoas na cama, ela também tem que dar o mapa da mina. Se a menina não fala nada, não geme e não reage, das duas uma, ou você finge que está transando com uma boneca inflável ou é melhor pedir indicações do que fazer.

5 - Se precisar, vá de gel lubrificante
Muitas mulheres gostam de ser masturbadas nas preliminares e não há problema nenhum de usar o recurso do gel lubrificante no começo, enquanto ela não conseguiu chegar à lubrificação natural. Aliás, cada mocinha gosta de ser masturbada (ou se masturbar) de um jeito. Tem aquelas que preferem que o clitóris seja estimulado da esquerda para a direita com toques leves, enquanto outras preferem de cima para baixo, ou em círculos ou até mesmo que não se toque no clitóris e sim na região acima ou abaixo. A única maneira de saber qual é o certo para a sua garota é se atentar ao ítem anterior, ou seja, preste atenção ou questione. Só uma dica: a maioria das moças não gostam de pegadas muito forte nessa brincadeira e sim toques leves, portanto não esmague o local.

6 - Mulher não precisa de muito para esfriar
Do mesmo jeito que as donzelas podem levar um tempo para chegar no ponto certo da transa, elas podem voltar à estaca zero por qualquer motivo. E quando afirmamos que é estaca zero, acredite no que dizemos. A coisa esfria numa velocidade incrível se ela começar a pensar em qualquer outra coisa que não seja sexo. E a coisa campeã para levar a esse estágio glacial no meio do coito é o homem perguntar se ela já chegou lá. A primeira coisa que a menina vai pensar é "será que estou demorando muito?" e pronto, de volta à prancheta de desenho. Saber se está bom ou se você está fazendo corretamente traz segurança à menina e mantém o foco na transa. Questionar se ela está conseguindo se excitar, não.

Sexo oral, um capítulo à parte
Para muitos marmanjos, fazer sexo oral na mulher é só um ato para preliminares e estão redondamente enganados. Como todo homem adora coisas lógicas então aqui vai uma explicação irrefutável: a maioria das meninas chega ao orgasmo através da manipulação do clitóris, então o sexo oral é uma excelente maneira de fazer a menina alcançar o clímax e não só um instrumento para deixá-la excitada ou lubrificada.

O grande problema é que ansiosos, nós machos, queimamos etapas e obviamente cansamos porque a menina leva um tempo para conseguir gozar. E passar a sensação de que ela está demorando demais, vai com certeza esfriá-la, por isso, você pode iniciar uma sessão de oral, parar um pouco e focar em outra parte do corpo e recomeçar até a moça conseguir ter um orgasmo.

A regra para um bom sexo oral é a mesma da masturbação, ou seja, movimentos sejam circulares, de cima a baixo, da esquerda para a direita, aplicados levemente (atente para essa palavra) no clitóris. Segundo a Dra. Glene Rodrigues, grande parte das mulheres que ela atende não gostam de ter seu clitóris chupado (e homens adoram fazer isso), portanto saiba antes se ela tem essa preferência. Colocar o dedo dentro da vagina da menina enquanto pratica o sexo oral é uma maneira de aumentar a excitação também.

Outro ponto é que as moças se acanham com medo de algum odor que possa ter em suas vaginas. A médica, baseada em seus atendimentos, afirma que muitos homens não ligam para isso, mas nada impede de que você, com jeitinho, convide-a para um banho a dois antes (outra grande forma de preliminar). Isso vai dar segurança a ela e a você.

E por fim, cuidado com barbas por fazer. Como já dissemos antes, qualquer distração acaba com o momento da menina, então muitas vezes o roçar da barba nas coxas femininas pode causar irritação e estragar o momento.

Nada impede que uma moça esteja excitada logo no início da transa (algumas vezes até antes), mas não se esqueça que sexo envolve fantasias, intimidade e carinho e uma boa preliminar (com sua devida sessão de sexo oral). A própria Dra. Glene diz que rapidinhas são ótimas, mas que recomenda que todo casal tenha, pelo menos, uma transa "com qualidade" uma vez por semana. Com isso, a vida sexual vai muito bem, obrigado.

Especial para Terra