Dez dicas ajudam namorados a criar o clima ideal para o sexo

5 jun 2013
07h13
atualizado às 07h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Quando o clima do encontro dos apaixonados esquenta é normal que o homem se sinta pronto em segundos, enquanto a mulher leva um pouco mais tempo para ficar totalmente excitada. Contudo, algumas saídas podem ser encontradas pelo namorado para melhorar o desempenho sexual da parceira: são as preliminares.

Nesse “aquecimento” para a transa, é preciso entender o que a namorada espera e gosta, além de um bom diálogo para que tudo aconteça com naturalidade. Para impressionar, anote dez dicas da terapeuta sexual Luciane Secco e pratique-as sem medo.

1 - Crie intimidade. Especialmente se a relação ainda estiver no início é importante criar um diálogo e nortear o processo com delicadeza, principalmente na primeira vez entre os dois. “Esse cuidado é tão positivo que se torna mais importante do que as preliminares propriamente ditas”, avalia.

2 - Dialogue. Procure saber o que agrada a companheira, já que as preliminares devem acontecer de comum acordo. “Se um dos parceiros gosta de dar ou receber certos tipos de carinho e o outro não se agradar por um ou outro motivo, não será legal fazê-lo”, explica Luciane.

3 - Vá com calma. Até mesmo ao conversar sobre o assunto, respeite o tempo da amada, pois pode ser que ela não se sinta à vontade com a conversa. “Por terem recebido uma educação diferente, algumas pessoas não têm liberdade para falar disso”, ressalta.

4 - Envie um bilhete sugestivo. Isso também pode ser substituído por uma mensagem sensual pelo celular. “A iniciativa faz com que a mulher crie uma expectativa pelo que acontecerá mais tarde”, diz.

5 - Faça com que ela se sinta especial. “Mulheres gostam de sentir únicas e reparam nos detalhes”, ensina a terapeuta. Portanto, planeje uma noite diferente, prepare o quarto, coloque velas ou essências e transforme o local corriqueiro em um ambiente singular.

6 - Beije muito. “Um ato que atiça a mulher e poucos homens dão importância é o beijo”, conta Luciane. Dedique-se a esta carícia.

7 - Não vá direto ao ponto. Elas não gostam de serem tocadas diretamente no órgão genital, como se ele representasse o único caminho em direção ao prazer. “Infelizmente, muitos homens ainda focam somente nisso, principalmente após certo tempo de relacionamento”, conta a terapeuta.

8 - Estimule-a verbalmente. “Procure dizer coisas que excitem a parceira”, aconselha a terapeuta. Aposte em sussurros e deixe a imaginação rolar.

9 - Invista nas zonas erógenas. Descubra o corpo da amada, faça carinho em lugares diferentes e procure tocá-la em regiões mais sensíveis como a orelha, o pescoço e os seios.

10 - Fique atento aos sinais. “É importante observar as reações da companheira, para saber se está agradando ou não”, completa a terapeuta.

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade