0

Confira os significados das fantasias sexuais

O desejo de ter as mãos amarradas e olhos vendados por uma mulher e de ficar com a parceira em lugares inusitados estão entre as fantasias sexuais dos homens. Pesquisadores do Centro Interdisciplinar de Herzliya, em Israel, exploraram o tema e sugeriram que as fantasias diárias podem oferecer uma visão voyeur - prática de obter prazer sexual com a observação de outras pessoas - e contribuir para o relacionamento real. As informações são da revista

Desejos por relações com pessoas estranhas significa medo de intimidade
Desejos por relações com pessoas estranhas significa medo de intimidade
Foto: Getty Images

Men's Health

.

» Siga Vida e Estilo no Twitter
» vc repórter: mande fotos e notícias
» Chat: tecle sobre a notícia

A pesquisa envolveu 48 casais que relataram de forma independente as suas fantasias sexuais diárias e interações no relacionamento com seus parceiros por 21 dias. Os pesquisadores determinaram quais parceiros se mostraram mais ou menos conectados um ao outro. O conteúdo de cada fantasia sexual foi diretamente influenciado pela personalidade do parceiro, a qualidade do relacionamento, e se a interação do casal em cada um dos dias era positiva ou negativa.

Nos dias em que os casais não estavam com um bom relacionamento, ambos os parceiros se mostraram mais propensos a ter fantasias sexuais com outras pessoas, de acordo com o psicólogo e pesquisador Gurit E. Birnbaum.

O estudo também descobriu que os homens mais fechados tenderam a fantasiar sobre serem sexualmente satisfeitos e irresistivelmente desejados por mulheres desconhecidas. Este tipo de fantasia, segundo os pesquisadores, pode ser uma estratégia de distanciamento que minimiza intimidade e reflete um desejo de escapar.

Por outro lado, pessoas que queriam mais intimidade em suas relações tenderam a relatar fantasias envolvendo o próprio parceiro. Em dias que o casal não estava sintonizado, o relato foi de fantasias em que a pessoa era dominada, com o uso de vendas nos olhos e amarração das mãos.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade