0

É melhor namorar um homem mais velho? Veja o que elas falam

  • separator
  • comentários

Se um homem for questionado sobre os benefícios de se envolver com uma mulher bem mais nova, provavelmente vai levar em consideração a vitalidade e contar vantagem pela conquista. Já se estiver saindo com uma mulher bem mais velha, vai se orgulhar e exaltar sua experiência de vida. Mas e quando a situação é contrária? Será que as mulheres veem a diferença de idade como um problema ou solução? Para responder essas e outras perguntas, o Terra foi atrás e descobriu que sim, "maturidade é afrodisíaco", como define a analista financeira Cristina Oliveira, de 36 anos. Mas vale lembrar que tudo depende do que elas procuram em uma relação.

Ticiane Pinheiro, de 36 anos, é casada com Roberto Justus, de 57
Ticiane Pinheiro, de 36 anos, é casada com Roberto Justus, de 57
Foto: Milene Cardoso / AgNews

A consultora de recursos humanos Renata Passadore, de 32 anos, costuma de envolver com homens pelo menos dez anos mais velhos, mas acredita que nem toda mulher consegue encarar esse tipo de relação. “Normalmente, são relacionamentos mais maduros, porque são pessoas que, usualmente, já foram casadas, têm filhos e, por isso, encaram a vida com prioridades das quais eu gosto. Aprendo muito! Coisas que posso encarar como tabu, para alguém mais velho, devido à experiência, acabam sendo mais tranquilas”, explica. Ela já tentou se relacionar com homens mais novos, mas não durou muito tempo. “Com o passar do tempo, me sinto meio fora do contexto das conversas, rodas de amigos, programas e acabo terminando”.

A estudante de direito Layane Botelho, de 23 anos, concorda com Renata. Ela não só prefere ser a mais jovem da relação, como deixaria de viver um relacionamento que não seguisse essa linha. Por três anos, ela viveu um relacionamento em que era nove anos mais nova que o namorado. “Acho que a principal vantagem em namorar um homem mais velho é a segurança que a gente tem quando eles demostram o que querem. Eles têm maturidade e se entregam com o objetivo de fazer tudo para dar certo”, disse.

Renata e Layane não são as únicas. Catherine Zeta-Jones, de 43 anos, é casada com Michael Douglas, 25 anos mais velho que a atriz. Mallu Magalhães e Marcelo Camelo, juntos desde 2008, tem 14 anos de diferente. Ticiane Pinheiro, de 36 anos, casada com Roberto Justus, de 57, também mostram que a idade não é problema.

“A idade pode ser uma barreira quando você é muito nova. Por exemplo, aos 18, ter um namorado 10 anos mais velho é um pouco complicado porque as vontades não são as mesmas, mas aos 30, essa mesma diferença não é tão chocante. Eu sempre preferi ser a mais jovem da relação”, conta Cristina, que tem seis anos a menos que o marido. Para ela, o lado ruim de se envolver com um homem bem mais velho é o “medo de ficar sozinha quando for velhinha”.

Das entrevistadas pelo Terra , a designer Fabiana Soares, de 25 anos, é a única que não encara a idade como qualidade ou defeito em uma relação. “Existe homem mais velho que não vale um centavo e existe homem mais novo que vai pelo mesmo caminho. Mas o contrário também acontece, nos dois casos. Não é idade que determina se o cara vai ser legal ou não. Algumas mulheres tem a falsa ideia de que quando eles são mais velhos querem um relacionamento mais sério, mas não acho que seja uma regra”, disse.

Do que os homens gostam?
Na hora de adivinhar a escolha dos homens, elas disseram que eles são mais abertos a viver vários tipos de experiências. Fabiana acredita que os homens "são menos cheio de regras" e se deixam levar pela atração, independente da idade. Já Cristina e Layane defendem que, apesar de gostarem de viver vários tipos de relacionamentos, eles preferem ensinar em uma relação.

Para Renata, um homem acha uma mulher atraente pelo o que ela representa e o que vale é saber aproveitar cada fase da melhor maneira. “Eu não trocaria meus 30 e poucos pelos meus 18 e espero que, quando eu chegar aos 40, mantenha o mesmo pensamento”.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade