6 eventos ao vivo

Após auge, moda da barba pode chegar ao fim; entenda

24 jul 2013
12h35
atualizado às 13h17
  • separator
  • 0
  • comentários

Há algum tempo, a barba se tornou muito popular e arrecadou adeptos no mundo todo, mas, segundo especialistas, a moda pode estar chegando ao fim. Na última década, grandes estrelas de cinema adotaram o visual barbudo e a tendência foi acompanhada nas ruas. Segundo uma grande loja de departamentos do Reino Unido, as vendas de aparadores de barba cresceram 57% nos últimos anos, fato que comprova o aumento da tendência. As informações são do The Guardian.

Com o sucesso, outros estilos mais atrativos e elegantes de barba também ganharam fãs. Grandes executivos, personalidades e apresentadores de TV adotaram o visual, tornando a barba mais popular, assim como o bigode era nos anos de 70 e 80 e as costeletas, antes disso.

"A barba tornou-se muito popular. Observo que tem se criado uma cultura da barba - as pessoas gostam de falar sobre ela, senti-la", afirma Brendan Murdock, fundador da rede de barbearia Murdock. No entanto, o assunto gera discussões. Ao contrário do concorrente, o co-fundador da rede de salões de beleza Blue Tit, Parry Patraszemki, diz que não acha que a barba tenha se tornado assim tão comum. "Não acho que tenha ganhado tantos adeptos porque até hoje as pessoas riem do meu bigode", afirmou. "Barba é uma referência da nossa infância, traz nostalgia quando lembramos que nossos pais a usavam nos anos 70", completa Patraszewki.

De acordo com o New York Times, o uso da barba começou a crescer por volta dos anos 2000 e, a partir de 2005, tornou-se ainda mais popular, quando pessoas influentes passaram a adotar o visual. O especialista Ekow Eshun escreveu um ensaio sobre o assunto, no qual explicou que a barba vai muito além do visual e que atinge várias frentes sociológicas: "usar barba dá um ar mais intelectual, lembra Karl Marx e Engels, por exemplo. Ela também representa e ressalta a masculinidade frente ao aumento da independência feminina nos tempos recentes".

No último verão europeu, o fotógrafo Jonathan Daniel Pryce lançou um livro com 100 fotos de homens barbudos. "O livro foi uma reação ao perceber como a barba tinha se tornado tão popular e não só para as pessoas mais descoladas. A tendência ainda está por aí, mas acredito que está saturada", comentou. Recentemente, especialistas da moda têm comentado que jovens e, principalmente, o público gay tem deixado as barbas para trás e adotado um visual mais clean.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade