Fertilidade
 
 

Vida e Estilo » Fertilidade » Fertilidade

  Banho de banheira muito quente pode prejudicar gestação
27 de agosto de 2012 09h27

O período gestacional requer muitos cuidados. A atenção com a temperatura da água da banheira é um deles. Banhos de imersão com água muito quente .... Foto: Shutterstock

O período gestacional requer muitos cuidados. A atenção com a temperatura da água da banheira é um deles. Banhos de imersão com água muito quente durante o primeiro trimestre podem causar risco de má-formação fetal ou até aborto
Foto: Shutterstock

O período gestacional requer muitos cuidados. A atenção com a temperatura da água da banheira é um deles. Banhos de imersão com água muito quente durante o primeiro trimestre podem causar risco de má-formação fetal ou até aborto. De acordo com o documento Assistência Pré-natal, da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), banheira com água de temperatura superior a 38,9º C é um risco para a continuidade e saúde da gestação.

A gestante não está proibida de tomar um banho de banheira para relaxar. O segredo é tomar cuidado com a temperatura da água e o tempo de gravidez. Banhos bem administrados ajudam a manter o bem-estar durante o período, afirma Olímpio de Moraes, vice-presidente da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) da região Nordeste. "Se for um banho que dê prazer, satisfação e uma sensação de relaxamento, ela está liberada."

Além de ajudar no bem-estar da mulher, o banho de banheira com água morna auxilia na circulação do sangue pelo corpo e pode até aliviar as dores lombares e desconfortos causados pela gestação.

Parto na água
A água morna também pode ser um auxilio para as mulheres que optam pela via de parto normal sem anestesia. O relaxamento proporcionado pela água deixa a mulher mais calma e preparada para dar à luz o bebê.

Além de dispensar as medicações, o parto na água proporciona uma transição mais suave para o bebê, que já estava em um meio líquido e morno quando habitava a barriga da mãe.

Busca um especialista em Fertilidade? Clique aqui e confira a lista dos profissionais

Cross Content