Fertilidade
 
 

Vida e Estilo » Fertilidade » Fertilidade

 Saiba se o formato da barriga indica o sexo do bebê
05 de julho de 2012 09h16

Existem algumas crenças populares que afirmam que características físicas da gestante podem determinar o sexo do bebê. Foto: Shutterstock

Existem algumas crenças populares que afirmam que características físicas da gestante podem determinar o sexo do bebê
Foto: Shutterstock

É sempre assim: é só uma mulher anunciar que está grávida para começarem os palpites para adivinhar o sexo do bebê. Mas será que as características físicas podem ajudar a descobrir se uma gestação é de menino ou menina?

Uma das crenças populares mais comuns está ligada ao formato da barriga. As mais pontudas anunciariam a vinda de um bebê do sexo masculino. "A questão do desenho da barriga não tem uma relação direta com o sexo da criança", esclarece Jurandir Piassi Passos, obstetra especialista em medicina materno-fetal pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). "É o biotipo, e até mesmo a questão do útero da gestante, que vão determinar o desenho e o formato da barriga", aponta.

Outra crença é de que, se a barriga da gestante apresentar uma linha de coloração escura, o bebê será um menino. "Essa linha é conhecida como linha Alba e todos nós temos. Na gestante, por influência dos hormônios da gravidez, ela se torna escurecida e desaparece entre quatro a seis meses depois do parto", explica.

Inchaço
Nas gestações de menina, algumas pessoas afirmam que o inchaço, o aparecimento de acne e até a intensidade do enjoo são maiores. Essas questões podem ter alguma relação com o nível de hormônio da mulher. "Quando é uma gestação de menina, a mulher tem dois cromossomos X na célula. E, aparentemente, quando você tem essa carga genética maior, você teria ações hormonais um pouco mais elevadas do que em uma gestão de menino", afirma Jurandir.

Mas esse fator não pode ser considerado determinante. "Pacientes que apresentem pressão alta, ou que tenham problemas de circulação, terão um edema maior do que uma gestante que tenha uma circulação melhor", explica Jurandir. Ou seja, mesmo que a gestação seja de menino, problemas relacionados à saúde da gestante podem fazer com que ela inche mais do que uma mulher grávida de menina.

Exames
Não é possível determinar o sexo do bebê apenas com a análise de características físicas da mãe. O único método preciso é por meio de exames.

Para descobrir o sexo do bebê, podem ser realizados exames de sangue, similares a um hemograma, ou o ultrassom. "A partir da oitava semana, é possível fazer um exame de sangue chamado sexagem fetal, que determina o sexo pela análise da existência ou não do cromossomo Y no sangue materno", aponta Jurandir. Nesse exame, se for encontrado a presença do cromossomo Y, o bebê é um menino.

Já o ultrassom pode ser realizado a partir da 11ª semana, com 75% de acerto, ou após a 16ª semana, quando a taxa de acertos aumenta.

Busca um especialista em Fertilidade? Clique aqui e confira a lista dos profissionais

Cross Content
  1. Existem algumas crenças populares que afirmam que características físicas da gestante podem determinar o sexo do bebê

    Foto: Shutterstock

  2. Algumas pessoas afirmam que uma gestante com barriga mais "pontuda" estaria grávida de um menino

    Foto: Shutterstock

  3. Maior inchaço, acne e enjoos não são fatores que determinariam uma gestação de menina, sendo as crenças populares

    Foto: Shutterstock

  4. A única forma de descobrir o sexo do bebê com precisão é por meio de exames de sangue e ultrassom

    Foto: Shutterstock

  5. O exame de sangue é similar ao hemograma comum e busca a presença do cromossomo Y no sangue materno

    Foto: Shutterstock

/fertilidade/foto/0,,00.html