Fertilidade
 
 

Vida e Estilo » Fertilidade » Fertilidade

 Dormir sobre o lado esquerdo alivia dores da gravidez
25 de junho de 2012 09h09 atualizado às 10h41

O desconforto, o inchaço e a dor na coluna podem ser aliviados com uma boa noite de sono. Dormir em posições laterais, principalmente sobre o lado .... Foto: Dreamstime/Terra

O desconforto, o inchaço e a dor na coluna podem ser aliviados com uma boa noite de sono. Dormir em posições laterais, principalmente sobre o lado esquerdo, ajuda a melhorar a qualidade de vida da gestante e do bebê
Foto: Dreamstime/Terra

Muitas mulheres apresentam desconforto, inchaço e dor na coluna em consequência das transformações corporais da gravidez. Esses sintomas podem ser aliviados com uma boa noite de sono. Dormir em posições laterais, principalmente sobre o lado esquerdo, ajuda a melhorar a qualidade de vida da gestante e do bebê.

Infográfico: Confira o infográfico sobre as Posições do sono

Com a mulher deitada sobre o lado esquerdo, o fluxo de sangue e de nutrientes para a placenta aumenta. A posição pode estimular também a função renal, ajudando a diminuir edemas e inchaços.

Isso não significa que ela deve apenas deitar-se sobre esse lado. "Ela tem que ficar mais do lado esquerdo, mas o quadril acaba cansando e o ombro, também. Ela pode virar para o direito e, depois, retornar ao esquerdo", orienta Thaís Della Manna Hanna, fisioterapeuta do Hospital e Maternidade Santa Joana, de São Paulo.

Já as posições a serem evitadas são as que a mulher fica de barriga para cima ou para baixo ¿ essa última até mesmo pela impraticabilidade. Já as de barriga para cima não são recomendadas porque todo o peso do útero recai sobre as costas, o intestino e os principais vasos sanguíneos. Isso pode levar ao aumento das dores lombares, à inibição da função digestiva e a problemas de circulação e respiração da gestante. Com isso, a mulher poderia desenvolver hipotensão (pressão baixa) e os nutrientes que chegam ao bebê seriam reduzidos.

Essas posições podem ser adotadas desde o início da gravidez. Elas se tornam mais necessárias, entretanto, mais perto do fim da gestação. "É muito importante para a grávida dormir bem. Não que ela vá dormir muito bem durante a gestação. Mas ela tem que dormir, porque ajuda a estar mais disposta, ter respiração mais adequada e a não ficar hipotensa", afirma Thaís.

Outros cuidados
Além das posições, a mulher deve ficar atenta à maneira de se deitar ou levantar. Ela deve realizar esses movimentos lentamente. Para levantar, a grávida, deitada sobre o lado esquerdo, deve colocar as pernas para fora da cama e levantar o tronco com a ajuda dos braços. É recomendado que ela fique sentada na cama por algum tempo, em vez de logo se levantar. "Se ela tiver hipotensão, por exemplo, pode cair se levantar rápido demais", explica a fisioterapeuta.

Além disso, o uso dos travesseiros para ajustar a posicionamento é importante. A mulher pode colocar travesseiros nas costas, para dar mais apoio, e entre os joelhos, para não ter descarga de peso neles. Ela também pode abraçar um travesseiro na sua frente, para descansar o ombro. Já o travesseiro em que ela apoia a cabeça deve ser da altura adequada. Ou seja, nem muito alto, nem muito baixo, de maneira que a grávida fique o mais reta possível. "Ela vai usar uns quatro ou cinco travesseiros e vai adequando ao corpo até ficar numa posição que dê estabilidade", afirma Thaís.

A fisioterapeuta ainda orienta que a gestante durma do lado da cama mais próximo ao banheiro, para evitar quedas no caminho. "Ter uma luz no corredor que fique acesa para ajudá-la a ir até o banheiro e tirar o tapete de perto da cama melhoram o ambiente para ter menores riscos", explica.

Busca um especialista em Fertilidade? Clique aqui e confira a lista dos profissionais

Cross Content
  1. O desconforto, o inchaço e a dor na coluna podem ser aliviados com uma boa noite de sono. Dormir em posições laterais, principalmente sobre o lado esquerdo, ajuda a melhorar a qualidade de vida da gestante e do bebê

    Foto: Dreamstime/Terra

  2. Com a mulher deitada sobre o lado esquerdo, o fluxo de sangue e de nutrientes para a placenta aumenta. A posição pode estimular também a função renal, ajudando a diminuir edemas e inchaços

    Foto: Dreamstime/Terra

  3. Dormir de barriga para cima não é recomendado, pois todo o peso do útero recai sobre as costas, o intestino e os principais vasos sanguíneos, causando dores lombares, inibição da função digestiva e problemas de circulação e respiração

    Foto: Dreamstime/Terra

  4. A mulher deve ficar atenta à maneira de se deitar ou levantar. Ela deve realizar esses movimentos lentamente. É recomendado que fique sentada na cama por algum tempo, em vez de logo se levantar

    Foto: Dreamstime/Terra

  5. As grávidas podem usar travesseiros entre as pernas, nas costas e na frente, para adequar o corpo até ficar numa posição que dê estabilidade

    Foto: Dreamstime/Terra

/fertilidade/foto/0,,00.html