Fertilidade
 
 

Vida e Estilo » Fertilidade » Fertilidade

 Laqueadura pode ser revertida com sucesso; saiba como
17 de maio de 2012 09h22

A cirurgia de laqueadura pode ser desfeita se ela for realizada levando-se em consideração a possibilidade de uma futura reversão. Foto: Dreamstime/Especial para Terra

A cirurgia de laqueadura pode ser desfeita se ela for realizada levando-se em consideração a possibilidade de uma futura reversão
Foto: Dreamstime/Especial para Terra

Um dos métodos de controle de natalidade mais antigos e polêmicos, a cirurgia de laqueadura é um procedimento que rompe as tubas (ou trompas) uterinas que fazem a ligação entre os ovários e o útero. Dessa forma, a mulher não pode mais engravidar, pois é dentro desse túnel que o óvulo encontra o espermatozoide e há a fecundação. Caso a mulher se arrependa e queira novamente ter filhos, o sucesso ou não de uma tentativa de reversão vai depender da forma como foi realizada a cirurgia.

"É possível, desde que a cirurgia de laqueadura tenha sido feita levando-se em consideração a possibilidade de uma futura reversão", diz o médico Jorge Haddad Filho, especialista em reprodução assistida da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Se for retirada uma parte muito grande da tuba, ou se houver uma cauterização muito extensa, a reversão pode ficar prejudicada ou impedida.

Quando uma mulher tem as tubas uterinas rompidas, a ovulação continua. O que ocorre é que o óvulo liberado não consegue seguir seu caminho através da tuba e, por isso, não ocorre a fecundação do óvulo com o espermatozoide. Se a laqueadura, não puder ser revertida, a mulher pode engravidar por meio de um método de reprodução assistida.

Bons resultados
Os melhores resultados de reversão são obtidos por meio de microcirurgia de recanalização tubária. Segundo Haddad Filho, por meio desta técnica, a volta das funções é conseguida em mais de 90% das ocasiões. Depois disso, se não houver outro impedimento, a gravidez poderá ocorrer naturalmente.

A cirurgia de laqueadura é um assunto controverso, pois envolve questões sociais, religiosas e econômicas. Contudo, o procedimento pode ser indicado para mulheres com muitos filhos, com distúrbios que impeçam o uso da pílula anticoncepcional ou nos casos em que a gravidez representa riscos graves à saúde.

Cross Content
  1. A cirurgia de laqueadura pode ser desfeita se ela for realizada levando-se em consideração a possibilidade de uma futura reversão

    Foto: Dreamstime/Especial para Terra

  2. Mesmo que a laqueadura não consiga ser revertida, uma paciente pode ter sucesso em uma gravidez por meio da reprodução assistida

    Foto: Dreamstime/Especial para Terra

  3. Em até 90% dos casos, a laqueadura pode ser revertida com sucesso para uma possível gravidez

    Foto: Dreamstime/Especial para Terra

  4. O procedimento cirúrgico de rompimento das trompas pode ser indicado para mulheres que já tenham muitos filhos ou que não possam engravidar por problemas de saúde

    Foto: Dreamstime/Especial para Terra

  5. A decisão de realizar uma laqueadura deve ser tomada em conjunto pelo casal, levando-se em conta a dificuldade de reversão posterior

    Foto: Dreamstime/Especial para Terra

/fertilidade/foto/0,,00.html