Fertilidade
 
 

Vida e Estilo » Fertilidade » Fertilidade

 Tomar pílula não interfere na fertilidade feminina
11 de abril de 2012 12h04

A pílula anticoncepcional não tem nenhuma relação com a fertilidade feminina, afirmam os especialistas. Foto: Shutterstock/Especial para Terra

A pílula anticoncepcional não tem nenhuma relação com a fertilidade feminina, afirmam os especialistas
Foto: Shutterstock/Especial para Terra

É comum mulheres ficarem em dúvida se o uso por muito tempo da pílula anticoncepcional influencia na fertilidade. O medo pelo desconhecido sempre gera mal-entendidos - e a questão acabou virando um grande mito.

Jorge Haddad Filho, urologista do Grupo da Reprodução Humana da Escola Paulista de Medicina (Unifesp), responde à dúvida: "a pílula anticoncepcional não influencia em problemas de fertilidade para a mulher". O que ela pode fazer - e isso é comum - é mascarar um problema de fertilidade que a mulher já tenha, e que acabará vindo à tona somente quando parar de tomar a pílula.

Toda mulher produz um hormônio que faz com que se desenvolvam os folículos ovarianos (bolsas nas quais os óvulos se formam). Durante o ciclo menstrual, naturalmente alguns folículos param de crescer e morrem (isso se chama apoptose, conhecida como "morte celular programada").

Normalmente, apenas um folículo por mês se desenvolve e vai ovular, ou seja, fazer com que o óvulo seja liberado e se prepare para a formação de um possível embrião. O que acontece em uma pessoa que toma pílula é bem simples: os folículos não amadurecerão o suficiente para gerar óvulos. Por isso, dizemos que esta mulher não ovula.

Haddad afirma que, quando uma mulher para de tomar pílula e quer engravidar, as chances de ter gêmeos, por exemplo, crescem. "Imagine você segurar um 'bichinho' durante anos. Quando você abre a 'porteira', ele vai sair correndo com força total. Por isso, podem sair dois óvulos de uma vez mais facilmente", explica. Mas isso varia muito de mulher para mulher.

Além disso, é preciso entender que, assim como o corpo envelhece, os nossos órgãos internos também. Os folículos vão diminuindo em quantidade e perdendo qualidade ao longo dos anos, principalmente depois dos 35 anos.

Cross Content
Especial para o Terra
Terra
  1. Há chances de uma mulher engravidar logo que para de tomar pílula, porque os óvulos podem sair com mais força

    Foto: Shutterstock/Especial para Terra

  2. Qualquer mulher pode engravidar depois que para de tomar a pílula anticoncepcional

    Foto: Shutterstock/Especial para Terra

  3. A pílula anticoncepcional não tem nenhuma relação com a fertilidade feminina, afirmam os especialistas

    Foto: Shutterstock/Especial para Terra

  4. Uma mulher que toma pílula não engravida porque seus folículos não amadurecem o suficiente para ovular

    Foto: Dreamstime/Especial para Terra

  5. Tomar pílula pode mascarar um problema de fertilidade que a mulher já tenha antes

    Foto: Dreamstime/Especial para Terra

/fertilidade/foto/0,,00.html