Sorry, your browser does not handle frames!<a href="https://www.terra.com.br/"> terra </a>
› Vida e Estilo › Esotérico › Vida e proteção › Anjos

Anjos

Conversando sobre anjos

Monica Buonfiglio

Este trabalho foi escrito exotericamente*, sem qualquer pretensão literária, para que todos possam compreender a mensagem angelical. Meu principal objetivo é levar a cada leitor, um pouco do que aprendi sobre anjos. Para escrevê-lo eu não contei apenas com a minha inspiração, usei muitos livros para pesquisa e vários anos de palestras em todo Brasil foram de grande utilidade, pois cada dúvida de um participante era motivo de incentivo para aprofundar ainda mais meus conhecimentos.

Não tenho a menor vontade em ser reveladora, nem quero que me imaginem pretendendo impor a alguém a minha verdade. Porém, a crença de que Deus me deu inteligência e raciocínio, me dá a certeza de que crenças cegas ou fanáticas não são a sua vontade. Quando se diz "não reclame... olhe Jesus e veja o que Ele sofreu para nos salvar", estamos pedindo que as pessoas sejam conformadas com a sorte e aceitem tudo passivamente, evitando assim o seu crescimento. Há muito tempo tirei meu Jesus ensangüentado da cruz. Meu Jesus, que é meu pai e meu amigo, tem um largo sorriso na face serena. O problema atual de várias religiões é que elas querem fazer crer que o que pregam são as verdades únicas e absolutas e tudo mais é coisa do diabo... Quanta bobagem... Nada disso pode ser verdadeiro, pois Deus é nosso Pai e a Natureza nossa Mãe. Deus é luz e para senti-lo, você deve esclarecer as dúvidas de sua alma.

Se depois destas palavras, você não tiver interesse em conhecer o mundo angelical, isso indica que ainda não há em você maturidade (mater - mãe, doar - amor) de espírito (piro - fogo - ação) para esse tema. Isso porém, não é definitivo e quando a maturidade for atingida você saberá.

Quando iniciamos o estudo de qualquer tema místico geralmente estamos cheios de temor, que desaparece gradualmente na mesma proporção em que se vai adquirindo conhecimento. Seu anjo da guarda pessoal está junto de você desde o dia de seu nascimento, até o dia do desencarne. É ele quem vai orientar seu próximo estágio de aprendizado no Eu Superior, junto aos grandes mestres ascensionados, para um possível retorno à Terra. Você escolheu seu karma antes de encarnar e vai ter que vivê-lo. Então viva intensamente cada momento de sua vida. Respire vida. É bom demais viver!

Os relatos de algumas pessoas que tiveram parada respiratória e "morreram" por alguns minutos, são unânimes quando falam que viram alguém que emanava uma luz intensa e que, de forma carinhosa, as encaminhava para algum lugar. Essas pessoas estavam naquele momento recebendo a ajuda do anjo de guarda que assume a forma mais conveniente de acordo com a crença de cada um. Por exemplo: para o espírita a forma poderá ser de um ente querido da família, que já desencarnou, para um umbandista, que tem a proteção do caboclo, a forma poderá ser de um índio.

Os problemas fazem parte da vida, do cotidiano de cada um. Muitas pessoas procuram a força do mundo angelical desejando alcançar a graça no primeiro dia, esquecendo-se que antes deve tornar-se merecedor dessa graça. Se você pede ajuda a qualquer entidade para resolver um problema e não é atendido, não se revolte, mas sim pergunte: será que eu merecia essa graça? Tenha calma e pense. Deus é o grande pai e nunca nos abandona.

A infelicidade deixa o anjo de guarda sem ação. Quando eu falo isso, a primeira pergunta que surge é: "ora, para que serve então meu anjo de guarda, se no momento em que eu mais preciso, ele não está ao meu lado?" Para esclarecer vou dar um exemplo muito simples. Quando você vai a uma festa e fica ao lado de uma pessoa que resmunga o tempo todo ou fica contando desgraças, provavelmente a sua atitude será de afastar-se rapidamente. O mesmo acontece com seu anjo de guarda. O anjo não participa da infelicidade; em nada lhe ajudaria que ele ficasse chorando ao seu lado. O anjo fica então no astral, esperando e mandando insights, aguardando o instante em que você decida parar de sofrer e assim possa ocorrer a transformação. Lembra-se daquela ocasião que você precisou de um amigo, ligou e através de uma boa conversa tudo ficou esclarecido? Pode ter certeza que o seu anjo de guarda pediu ajuda ao guardião do amigo a quem você recorreu. O mesmo acontece quando você tem vontade de ler um livro ou visitar um amigo. Vá. Aproveite e leve uma rosa. Quem sabe você não estará servindo de intermediário para ajudar essa pessoa.

Os anjos estão presentes principalmente onde existem crianças até sete anos de idade. Crianças pequenas geralmente têm um amigo invisível para nós, mas para elas que não têm pensamentos mesquinhos nem qualquer maldade no coração, o amigo é bastante visível - é o seu anjo de guarda.

Quando fizer um pedido use sempre o tempo presente. Tenha cuidado com a palavra não. Nunca diga, "eu não quero ser gordo, eu não quero ser pobre, eu não quero ser velho". Este NÃO, confunde e atrapalha seu pedido porque entra no inconsciente, que é poderosíssimo e é nele que anjos conversam com você durante o sono. Eles são éteres, portanto, não têm memória e nunca julgam. Para qualquer pedido que você fizer, diga: "Bendito é o meu desejo porque ele é realizado".

* Ao contrário de esotericamente, é a forma de transmitir ensinamentos, a todos, sem restrição.

  Saiba mais sobre o trabalho de Monica Buonfiglio

Especial para Terra

Busque outras notícias no Terra