Sorry, your browser does not handle frames!<a href="https://www.terra.com.br/"> terra </a>
› Vida e Estilo › Esotérico › Astrologia › Céu do mês

Céu do mês

Março é marcado pelo excesso de romantismo de Peixes; saiba mais

Eunice Ferrari

O mês começa ainda com uma quantidade enorme de planetas em Peixes. Quando existem muitos planetas em um signo, chamamos esse fenômeno de stellium. A influência pisciana em nossas vidas continua, nos levando a um excesso de romantismo e idealismo que podem ser positivos se transitarem pelo despertar de nossas consciências e nossos corações. Mas pode também ser negativo se nos deixarmos levar pelo excesso de romantismo, pelas confusões e pela falta de realidade.

Confira como a lua influencia seu signo
Veja as previsões do seu signo no Ano do Dragão de Água

Durante a maior parte do mês, pelo menos nas três primeiras semanas, Mercúrio continua em seu movimento retrógrado trazendo algumas dificuldades e atrasando alguns eventos importantes em nossas vidas. Paciência é o que devemos ter diante de problemas que, sabidamente, são passageiros. O trânsito estará mais complicado, alguns emails podem não chegar, a correspondência atrasar ou ser extraviada, a máquina de lavar e a TV a cabo vão dar problemas, enfim, pequenos aborrecimentos que podem ser contornados e que não devemos dar muita importância, pois são passageiros. O transito é rápido, dura apenas até o dia 18. Daqui alguns meses ninguém mais lembra, portanto, deixe-o passar sem muito estresse.

Saturno também começou seu movimento retrógrado e este sim pode trazer problemas mais complicados, mas que também devem ser trabalhados de forma consciente para não gerar consequências maiores. No dia 11 de março uma Lua Nova também no signo de Peixes vai movimentar ainda mais essas energias e trazer ainda mais romantismo e compaixão a todos nós.

No dia 12, Marte começa a caminhar através de Áries e uma nova energia poderá ser sentida. Muita coisa muda a partir de então, nos deixando mais assertivos, agressivos e determinados na elaboração e foco em nossas principais metas. A união desse planeta a Urano e um tenso aspecto com Plutão pode provocar acidentes, tanto no plano individual quanto no coletivo. Devemos estar atentos a essa poderosa energia que pode tanto construir e criar quanto destruir. Terremotos, tsunamis e algumas catástrofes coletivas não estão descartadas. Toda pacificidade pisciana que vivemos nas últimas semanas é transformada em energia de movimento.

No dia 20 o Sol começa seu novo ciclo em Áries, marcando assim um novo ano astral, regido pelo Grande Pai Saturno. Preparem-se para um ano difícil de muito trabalho e resultados lentos, mas concretos. No dia 22, Vênus começa também a entrar em Áries e se une ao Sol, Marte e Urano no mesmo signo. A forte tensão desses planetas com Plutão aumentam a possibilidade de provocar sérios incidentes pessoais e coletivos. O ano astral pode começar tenso e cabe a nós o máximo de paciência e discernimento para tourear os possíveis problemas que surgirem.

Boa sorte a todos nós!

Eunice Ferrari

Busque outras notícias no Terra