2 eventos ao vivo

Veja 29 modelos de travesseiros e almofadas para cama

  • separator
  • comentários

As almofadas e travesseiros não são estritamente necessários, mas dão graça e leveza ao ambiente. “Quando vou escolher a roupa de cama – colcha e porta-travesseiro – levo em conta o desenho da cama, se tem cabeceira ou não, qual é o tamanho, esse tipo de coisa. A almofada para mim é como se fosse um quadro, é uma informação completamente diferente do ambiente”, acredita o arquiteto Marcos Marcelino.

A almofada pode ser o destaque da cama. Se o morador não for alérgico, uma peça que imita pelo de animal é aconchegante.
A almofada pode ser o destaque da cama. Se o morador não for alérgico, uma peça que imita pelo de animal é aconchegante.
Foto: Divulgação/ Butik

Já para a arquiteta Paula Ferraz, tudo pode ser concebido em conjunto. “Depende do tipo de decoração, se é mais clean ou mais despojada. Se o quarto é mais clássico, a composição da roupa de cama e travesseiros é tom sur tom. Quando o projeto é menos sério, coloco cores mais chamativas”, explica.

Quando a cama é de casal, a arquiteta faz um arranjo padrão, com porta-travesseiro grandes, médios e várias almofadas pequenas sobre a cama. As peças divertidas, que imitam comida ou bichos, são mais frequentes em dormitórios infantis. E podem, ainda, dar um toque descolado ao ambiente, se esse for o perfil do cliente.

A mesma preocupação dada às peças deve ser destinada ao lugar para armazená-las. “Quando você olha uma cama cheia de almofadas é gostoso, mas se você não tem onde guardar, não é prático”, resume Paula. A solução, segundo Marcos Marcelino, é reservar um móvel para elas, pode ser um baú ou um armário. Caso não seja possível, diminua a quantidade e coloque tudo sobre uma poltrona na hora de dormir.

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade