Casa e Decoração

publicidade

Veja 20 dicas para redecorar a sala gastando pouco

Não é preciso gastar muito para mudar a cara da sala. Nesse apartamento, a arquiteta Marina Carvalho deu um colorido na parede, destacando-a do resto do cômodo e dando um toque diferente ao ambiente. Informações: (11) 9444-8836
Foto: elocs.com
  • Especial para o Terra
 

Quando se pensa em redecorar uma sala, logo se imagina que o custo será alto. Mas é possível dar uma cara nova ao ambiente fazendo coisas simples ou usando peças baratas. Duas especialistas dão dicas de como mudar a decoração de uma sala sem ter que perder o sono com a conta.

Não importa o que se queira comprar, a arquiteta e designer de interiores Marina Carvalho recomenda: procure bastante. “Os preços variam muito de um lugar para outro e, nos fornecedores, as coisas costumam ser mais baratas ainda.” Ela lembra, por exemplo, de quando precisava comprar um tapete para um projeto. De tanto procurar, achou um modelo colorido, ideal para o ambiente, por R$ 80.

Reformar, por sua vez, é uma maneira de reavivar um móvel meio caído. “Laquear ou pintar uma peça antiga sai mais barato que comprar uma nova”, explica a arquiteta de interiores Simone Schneider. Dar uma outra utilidade a algo que já se tenha também é uma saída. Um aparador, por exemplo, vira bar apenas colocando a peça sobre uma bandeja com copos e garrafas. Trocar os puxadores de gavetas, segundo Simone, é outra solução rápida e barata para mudar detalhes da decoração. Se a pessoa, no entanto, quiser comprar algum objeto, Marina lembra que o visual retrô está na moda, e que vale a pena procurar em lojas de usados. “Até um sofá de um conhecido designer eu já encontrei baratinho nesses lugares”, lembra.

Mesmo peças que seriam mais caras de mudar ganham cara nova a preços baixos. Não é preciso trocar o revestimento do sofá, o que representa gastos altos. Marina conta que as capas são muito mais baratas, e a pessoa pode ter várias para trocar constantemente. Simone indica uma solução ainda menos custosa: colocar no móvel um xale ou uma manta bem bonita que se tenha em casa.

Adotar os já populares adesivos é uma opção para as paredes. Um toque de tinta em uma delas, por sua vez, ajuda a destacá-la e dá um ar novo ao ambiente. Simone lembra que, no lugar de tinta, o papel também é um material a ser utilizado, ainda mais por seu preço ter caído nos últimos tempos. Já Marina conta que, em um projeto, escolheu recobrir um dos lados da sala com tijolos. Material e mão de obra, segundo ela, foram baratos, e o efeito agradou à moradora. A solução foi de encontro à filosofia da designer de interiores: “Não precisa ser caríssimo para ficar bacana”.

Terra