0

Reforma dá vida nova à cozinha; veja antes e depois

  • separator
  • comentários

Quando recebeu o trabalho de reformar uma cozinha, a arquiteta Regina Segura, do Rio de Janeiro, percebeu que o cômodo cumpria um importante papel na residência. Tratava-se de um cliente que gosta de cozinhar e passava muito tempo nesse espaço “A casa estava sempre cheia e, invariavelmente, as conversas acabavam ali.” O desafio, portanto, foi dar vida nova ao ambiente e, ao mesmo tempo, aprimorar seu uso social.

Ao reformar a cozinha, a arquiteta Regina Segura criou um espaço ideal para fazer comida e para um bate-papo entre amigos
Ao reformar a cozinha, a arquiteta Regina Segura criou um espaço ideal para fazer comida e para um bate-papo entre amigos
Foto: Divulgação

A mudança mais radical foi na área da pia, que antes ficava isolada do fogão e de outra bancada. Isso atrapalhava a circulação e aumentava a sujeira – afinal, o chef tinha de transitar entre os diferentes pontos. Regina, então, juntou as áreas de trabalho. “A nova bancada, em 'L', unificou o espaço para o processo de cozinhar.” Além disso, saiu o fogão e entraram o cooktop e o forno embutido. Dessa forma, a arquiteta manteve a continuidade do balcão.

Os armários eram outro problema. Havia dois, de cores e tipos diferentes, insuficientes para guardar tudo. “Decidimos colocar mais armários, todos brancos, tanto em cima da bancada quanto embaixo dela”, conta Regina. Os puxadores são lineares – mais extensos, mas menos destacados do móvel. Assim, a superfície dos armários ficou lisa e o ambiente, alongado. Sem as pontas dos puxadores convencionais, eliminou-se o risco de ninguém se machucar quando a cozinha estiver cheia. Embaixo dos armários superiores, por sua vez, foram instalados pontos de luz, que aumentaram a iluminação da área de trabalho.

Regina diz que a cliente passa muito tempo no ambiente não apenas cozinhando. “Havia uma mesa quadrada que era usada tanto para comer quanto para trabalhar, e a moradora fez questão de que tivesse um espaço para essas atividades.” A solução foi colocar uma mesa semicircular encostada na parede. O formato não atrapalha o trânsito e fica bonito para quem vê de fora. Para combinar com a mesa, as cubas da pia, na parede oposta, também têm formas circulares.

Além disso, ela colocou um painel de MDF sobre o móvel, que tem duas funções: criar continuidade com a mesa e servir de apoio para uma televisão fixada nele. “Como pintamos a parede de laranja, para dar vida ao ambiente, escureci o fundo da TV, pois atrapalha quando ela fica sobre uma parede em tom forte.”

Na reforma, Regina conseguiu até mesmo colocar uma coifa. “O pé-direito era alto, por isso eu o rebaixei e passei o cano do equipamento por cima do forro.” Para otimizar o espaço da cozinha, trocou a porta antiga por outra, de correr.

Confira as fotos e confirme: a cozinha ganhou nova vida à cozinha e tornou-se mais aconchegante.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade