Casa e Decoração

publicidade

Decore a fachada de casa com caixas de correio divertidas

Caixas imitando a casa de verdade ou até uma casa de bonecas dão charme à decoração
Foto: Chris Rawlins/ Shutterstock
  • Especial para o terra
 

Todo mundo que vê filmes e programas de TV americanos já tem aquela imagem clássica na cabeça: uma casa sem portões com um grande gramado, uma garagem lateral e uma caixa de correio de lata fincada na terra. No Brasil, o mais comum são as caixas postais coletivas nos prédios ou aquele modelo retangular que é soldado junto com a estrutura do portão.

Mas para quem mora em condomínio ou vila, não tem portão e sempre sonhou com uma diferente pode agora saudar o carteiro em grande estilo. Nem precisa ser aquele modelo clássico dos filmes, em forma de prisma com a bandeirinha vermelha na lateral que, quando levantada, serve para indicar que o carteiro passou por ali. Pode ser alguma coisa mais criativa, como uma miniatura da casa original. Ou ainda, algo relacionado ao contexto no qual a residência está inserida. Por exemplo, se é uma casa de veraneio, vale fazer uma no formato de uma prancha de surf ou de peixe. Se for uma casa de campo, um celeiro ou algum animal como galo, vaca ou cavalo.

Quer uma? Segundo o arquiteto Leonardo Junqueira, é melhor substituir a estaca de madeira dos americanos por uma estrutura de alvenaria. E casar o visual da caixinha com a arquitetura da casa. “A linguagem decorativa tem que combinar com a fachada do imóvel, não precisa ter, necessariamente, as mesmas cores. Deve ser divertida sem ser vulgar”, explica.

Outra que condena a estaca de madeira dos modelos originais é Andréia Dalfré Ribeiro, responsável pela área comercial da Bela Caixa, em Limeira, no interior de São Paulo. “A madeira apodrece mais facilmente quando exposta à chuva e ao sol. Fazemos caixas bem semelhantes às dos Estados Unidos na forma, mas com outros materiais. O pé é de ferro com pintura eletrostática, igual àquelas usadas em geladeira e fogão. A caixa é de alumínio e os parafusos, de aço inox. Tudo para que ela não enferruje e dure mais tempo.”

Foi justamente pela vontade de alguns consumidores de trazer o costume de fora para o Brasil que algumas empresas, como a Bela Caixa, assumiram o nicho de reproduzir o estilo de lá aqui por um custo mais baixo do que importar as peças. Uma das lojas virtuais mais populares do EUA vende as caixinhas no modelo padrão e também em tipos mais arrojados e entrega no Brasil. É uma boa saída para quem quer uma peça no estilo americano. Enquanto uma caixa nacional sai a partir de R$ 99 com o pedestal incluso, uma de lá é vendida por, no mínimo, US$ 64. O frete para as duas opções não está incluso.

Em alguns condomínios fechados, como os da região de Alphaville, na Grande São Paulo, a correspondência é deixada aos cuidados do porteiro. O carteiro não entra na área das residências. Mesmo assim, ter uma caixa postal criativa vale como elemento de decoração e até serve para deixar mais interessante uma atividade cotidiana, o que é uma ótima ideia para para casais com crianças.

Terra Terra