Casa e Decoração

publicidade

Confira 15 projetos de ambientes mais baratos e sustentáveis

Exposição reúne 58 projetos feitos com material reciclado
Foto: Gustavo Xavier / Divulgação
 
Patricia Zwipp

Bancos com assento de bicicleta, banheira antiga transformada em sofá, luminária feita com garrafas pet, escultura de folhas de jornal. Estes são alguns dos itens reciclados encontrados na decoração dos 58 ambientes da mostra Morar Mais por Menos, que começa neste sábado (17), em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Além da sustentabilidade, os projetos dos 95 profissionais participantes se enquadram nos conceitos "chique que cabe no bolso", tecnologia, inovação e brasilidade, priorizando produtos regionais.

Confira detalhes de 15 espaços, como Sala de Cinema da Estilista, Sala de Jantar, Quarto da Filha Estudante de Moda e Quarto do Casal. Sala de Cinema da Estilista - idealizada por Samira Ader e Andréa Medeiros, conta com bancos com assento de bicicleta, sofá jeans, mesa com tampos de rolos de filmes, tapete de retalhos e parede acústica com papelão cortado em anéis.

Sala de Jantar - projetada por Mauricio Bomfim, é moderna, clean e sofisticada. Foi criada em homenagem ao jogador Richarlyson. Um painel feito de engradado de motores destaca o compromisso com a sustentabilidade.

Sala de Almoço - idealizada por Glória Gomide e Isabella Aguiar, investe no conceito de sustentabilidade. Uma banheira antiga foi transformada em sofá. Os espelhos são sobras de recortes. A madeira da mesa é de demolição e a iluminação do ambiente é de LED.

Ambiente Estar Multiuso - projetado por Alex Meneses e Christiana Gontijo, conta com cores neutras e escuras para criar aconchego e sofisticação. Madeira ecológica tratada está presente nas estantes. Os adornos são feitos com materiais reciclados.

Quarto da Filha estudante de moda - assinado por Renata Afonso e Rosane Guedes, aposta em materiais reutilizados, como fundos de garrafas pet, lona de caminhão e tubos de papelão utilizados para embalagem de tecido.

Ambiente Banho do Casal/Espaço Bel Lar - assinado por Maristela Broilo, usa materiais tecnológicos e ecológicos. Porcelanatos substituem o limestone e a madeira. Pastilhas de vidro reciclado e madeira de demolição proporcionam aconchego. Completando o ambiente, iluminação em LED e artesanato revisado.

Quarto do Casal - nele, materiais recicláveis como garrafas pet se tornam uma luminária, folhas de jornal são transformadas em uma escultura moderna e MDF cru dá vida a um mobiliário decorativo. O projeto é assinado por Claudia Martins, Jackeline Aguiar, Mara Fernandes e Vanessa Barbosa.

Quarto do Ciclista - no projeto de Rousani Pereira, houve preocupação com a sustentabilidade e a criatividade ao usar piso de madeira, iluminação de baixo consumo, móveis fabricados com comprometimento socioambiental, tapete de tiras de couro, peças de sucata como utilitários e escultura de artista mineiro.

Ambiente Escritório da Casa - assinado por Natália Botelho e Paola Corteletti, traz um painel feito com rolos de papel higiênico que enfeita a parede.

Ambiente Estar do Restaurante - de Fátima da Matta, o projeto une sofisticação e sustentabilidade. Entre os itens decorativos, estão tecidos de linho e fibra de algodão, bancada de MDF preta, garrafas coloridas reutilizadas sobrepostas em cubos de vidro iluminados por LED.

Lavanderia - assinado por Élian Pérsia e Gabriela Hoepers, o projeto faz uso de materiais simples, como compensado cru e uma luminária artesanal. Mesmo assim, não perde a sofisticação por meio das pastilhas e dos demais objetos.

Sala de Leitura - de Fernanda Ferreira, a sala tem lâmpadas LED e tecidos de fibras naturais reforçam o caráter sustentável da mostra. Atelier da Casa - assinado por Dulciele Sales, conta com parede revestida de renda, pufe artesanal feito com flores de feltro e mesa de MDF pintado.

Sala de Relaxamento - traz peças exclusivas, criadas com material reciclado, que alertam para sustentabilidade, inclusão social e brasilidade. Cores calmas, madeira, pedra, água, argila e linho se completam criando a atmosfera desejada. O projeto é de Alessandra Nicácio, Lu Abreu e Mariângela Costa.

Biblioteca do Futuro - de Paola Camargo, o projeto mescla tecnologia com sustentabilidade. O foco são duas TVs pelas quais é acessada a biblioteca do IBook. O visitante escolhe o livro pelo iPad, evitando gastos com papel. Entre os itens decorativos estão móvel de madeira sustentável, poltronas confortáveis, mesinhas em fibra de vidro, mesa em madeira de demolição, cortina de linho e carpete antialérgico, que não propaga chamas.

Serviço - MORAR MAIS - BH 2011
Período: de 17 de setembro a 2 de outubro
Horário: de quarta a sexta, das 16h às 22h; sábado, das 13h às 22h; domingo, das 13h às 19h.
Local: Antiga Maternidade Hilda Brandão (Rua Álvares Maciel, s/n°, Santa Efigênia, Belo Horizonte, Minas Gerais)
Ingresso: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)
Informações: (0xx31) 3261-6584

Ponto a Ponto Ideias