Casa e Decoração

publicidade

Camareiras dão dicas para poupar tempo na arrumação da casa

A padronização do serviço torna a arrumação mais ágil
Foto: Getty Images
 
Juliana Crem

Uma das tarefas mais chatas da vida de toda pessoa que mora sozinha e não conta com o auxílio de uma faxineira é fazer a arrumação da casa. Perder boa parte do dia para ajeitar a casa então, é o pesadelo de muita gente. Para as camareiras de hotéis, todavia, a atividade é a principal ocupação de seu dia e elas precisam de agilidade para não perder tempo e deixar algum quarto sem arrumação. Por isso, o Terra conversou com algumas profissionais para descobrir quais dicas elas poderiam dar para poupar tempo na hora de colocar a casa em ordem.

As supervisoras Sandra Mara Holleweger e Mari Lucia Meira, que trabalham no Costão do Santinho Resort, de Florianópolis (SC), contaram que cada camareira tem cerca de 15 minutos para limpar e arrumar cada quarto e, no Grand Hyatt São Paulo, segundo a Gerente de Governança, Paulany Ayres, as camareiras têm cerca de meia hora para cuidar de cada quarto, que passa pelo crivo de supervisoras antes de ser liberado para cada hóspede. Assim, essas profissionais são especialistas em arrumação em tempo recorde!

Sem perder tempo
O processo de arrumação começa na véspera do serviço realmente acontecer. Margarete de Melo Cripa, camareira do Costão do Santinho, contou que a primeira coisa que faz antes de ir embora, todos os dias, é deixar separado o material que será usado no dia seguido, poupando o tempo de ter de procurar panos, produtos de limpeza etc e também para saber se precisa repor algum dos produtos usados. "Saber por onde começar e ter o material a mão para não ter que ir e voltar várias vezes aos cantinhos é essencial para não perder tempo", disse Mari Lucia.

Paulany explicou que a limpeza é feita por etapas, sendo o primeiro passo iluminar e arejar cada apartamento. Em seguida, o enxoval e a louça suja são retirados, assim como o lixo e aí o banheiro fica "de molho" com produtos específicos de ação antibactericida, cobrindo toda a superfície e cantos, enquanto a camareira dirige-se ao quarto. "Móveis, superfícies e vidros são limpos, a cama é trocada, o banheiro é esfregado e os metais são polidos, o box é sanitizado com produtos antigordura, o carpete e o mármore são aspirados e as amenidades, papelaria e toalhas são repostos", contou.

Embora seja bastante serviço, Sandra e Mari Lucia explicaram que ao invés de varrer, depois passar o pano e ajeitar a cama, as camareiras são treinadas a fazerem todo o serviço de uma só vez. Assim, ao mesmo tempo em que varrem um canto do quarto, já passam o pano e organizam os itens que estão por ali, para não precisarem ir e voltar ao mesmo local várias vezes.

Sem dificuldades
Se a complicação pode ser um fator complicador da arrumação, a Gerente de Governança do Grand Hyatt São Paulo lembrou que a padronização do serviço ajuda a ganhar tempo. "A manutenção de uma boa limpeza também pode ser feita mantendo uma periodicidade de faxina profunda, onde cama e móveis são levantados, tomadas desparafusadas, cortinas retiradas etc", destacou Paulany, que disse ter ganhado um olhar mais crítico e uma preocupação maior com a higiene depois que passou a trabalhar em hotel de alto padrão. "A gente aprende a importância de arrumar bem a casa e receber as visitas da melhor forma", explicou.

Arrumar a cama é a parte mais demorada e Margarete deixou uma dica preciosa: "usar lençol de elástico é mais difícil na hora de ajeitar a cama, porque ele tende a escapar. Você puxa de um lado e pode soltar do outro". E o trabalho, muitas vezes, é adaptado em casa, já que as profissionais aproveitam as dicas positivas que aprenderam no hotel para tornar o dia a dia mais prático na hora de cuidar da própria residência.

Sandra lembrou que uma das "novidades" que passou a ser parte do cotidiano do resort e que facilitou muito a vida das camareiras foi a adoção de rodinhos e borrifadores para limpar os vidros. "Ele é essencial para economizar braço", brincou, lembrando que antes usava-se pano para higienizar as janelas e além de tomar mais tempo, o material costumava soltar alguns fiapinhos pelo vidro.

Paulany disse que os apartamentos do Grand Hyatt recebem aromas na finalização de cada arrumação e indicou que o odor, flores e iluminação fazem a diferença em qualquer ambiente. "Um aroma especial traz conforto antes de dormir, as flores são sempre bem-vindas e deixam qualquer ambiente mais agradável e alegre, mas é preciso trocar a água diariamente. A iluminação dá o toque final ao ambiente e recomendo as luzes amarelas, pois são mais acolhedoras", sugeriu.

Terra Terra