0

Móveis reforçam tom moderno de apartamento nos Jardins

20 mar 2014
07h11
  • separator
  • comentários

Um jovem casal comprou um apartamento de 100 m² no bairro Jardins, em São Paulo, e coube à arquiteta Marta Martins deixar o ambiente com a cara dos donos. “A cliente queria o apartamento clean, tons crus, branco e cinza. Ela é bem moderna, até procurou as referências de móveis de vidro para a sala de estar”, conta a arquiteta.

Além de ter concebido o projeto de decoração, Marta fez algumas mudanças estruturais, como derrubar a parede de um dos três quartos para fazer a sala de TV, que é integrada às salas de estar e jantar e à cozinha. Com tudo ligado, ela avaliou que convinha criar um canto isolado para o escritório, que foi acomodado no antigo quarto de empregada. Lá foi instalado o home office e é lá também um espaço de lazer para o morador, com a bateria eletrônica. “A vantagem é que ele pode tocar a hora que quiser, já que é possível praticar com fones de ouvido.”

Outro ponto destinado ao lazer é a sala de TV. O proprietário, que adora cinema, trouxe do exterior uma referência para a estante, e a arquiteta desenhou o móvel de laca – lembra uma janela irregular de desenho animado. Quase tudo no local evoca conforto e aconchego, como o tapete grande e felpudo e o sofá macio e comprido em um dos lados.

Os toques contemporâneos ficam evidentes nos tons de cinza das paredes do escritório e da cozinha, nos móveis de vidro da sala de estar e nos móveis de fórmica escura da cozinha – um contraponto ao porcelanato branco, que cuida de dar unidade e amplitude a toda a área social. A área íntima manteve a atmosfera clean, mas ganhou piso de madeira, para “aquecer” o ambiente.

Depois das adaptações, o apartamento ficou com dois quartos: uma suíte e um quarto de hóspedes que, no futuro, pode ser transformado no quarto do bebê.

Fonte: PrimaPagina

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade