0

Com salas integradas, apartamento privilegia convivência

Projeto mistura visual clean com toques de luxo e une três salas (estar, TV e jantar) e varanda para estimular interação entre moradores e visitas

18 mar 2014
11h04
atualizado às 11h11
  • separator
  • comentários

Ao ser contratado para projetar um apartamento no bairro de Santa Cecília, em São Paulo, o arquiteto Marcelo Rosset recebeu carta branca dos proprietários para fazer quase tudo o que quisesse. O imóvel tinha acabado de ser construído, e Rosset aproveitou para criar um estilo que misturou um visual clean com toques de luxo. O resultado final mostrou aos moradores que valeu a pena confiar no profissional. “Conversávamos a cada passo do projeto, mas eles gostavam das minhas ideias”, conta.

Com autonomia, Rosset decidiu desde os revestimentos aplicados nas diferentes partes do apartamento – mármore na área social e madeira na área íntima – até pequenos detalhes da decoração, como o divã roxo que divide as salas de estar e de TV, feito especialmente para o apartamento pelo designer Sergio Fahrer.

A proposta do arquiteto foi implementar um estilo contemporâneo e urbano no apartamento de 220 m², algo que fosse bonito e ao mesmo tempo funcional aos moradores, um jovem casal com filhos pequenos. “Como o casal adora receber a família e os amigos, me foi pedido que integrasse as áreas sociais. Como resultado, todas as salas – de estar, de TV e de jantar – ocupam o mesmo ambiente. A divisão entre um núcleo e outro é feita pelos móveis”, explica. Além das salas, a varanda também foi projetada para ser uma área de convivência entre moradores e visitantes. Por isso, conta com uma área de relaxamento, mesa para refeições e muito verde, algo requisitado pelos moradores e que deixa o ambiente mais caseiro.

Outro pedido dos moradores foi priorizar os pisos claros e isso foi feito em toda a extensão do imóvel, com exceção da cozinha, que conta com o jogo de cores oposto ao resto do apartamento, com piso escuro e móveis brancos. “Eles me pediram uma decoração clássica, que não saísse de moda”, conta o arquiteto. O duo branco e preto foi repetido na parede da sala de TV, que traz um painel de laca branca combinando com o aparador dos eletrônicos. A ideia do painel é esconder os fios dos aparelhos. A estante em L feita de madeira escura tem a função de quebrar a monotonia dos tons claros e criar um diálogo com os móveis daquele canto.

Fonte: PrimaPagina

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade