4 eventos ao vivo

De retrô a moderna: veja tipos de banheira a partir de R$ 950

28 jan 2014
16h08
  • separator
  • comentários

Se seu sonho de consumo é mergulhar numa confortável banheira para relaxar após um dia exaustivo de trabalho, prepare-se. O item de decoração é para poucos, pois seus custos podem ser bem altos. A banheira pode não ser tão cara, no entanto, os valores aumentam quando se coloca na ponta do lápis a contratação de um profissional que deve analisar a estrutura da casa, a impermeabilização, a manutenção e o tipo de tecnologia do equipamento, se tem ou não hidromassagem.

Basicamente, há dois modelos de banheiras, os de embutir e os de sobrepor. O segundo é o mais prático e bastante utilizado, pois não necessita de bases de apoio, além de contar com modelos esteticamente mais arrojados e com design diferenciado. De acordo com o arquiteto Artur Gimenes, as banheiras de pedra e resina são as mais convencionais. Porém, ele afirma que há uma infinidade de materiais, como fibra de vidro, madeira, mármore ou outros tipos de pedras, cobre, aço e modelos excêntricos, como rocha vulcânica, que tem como adicional a manutenção da temperatura da água.

O profissional ressalta que o banheiro ainda é o local preferido na hora de colocar a banheira. No entanto, é preciso, no mínimo, um espaço de 5 metros quadrados. “O banheiro ganhou status diferenciado dentro de um projeto arquitetônico, ampliando a sua área e a relação com os outros ambientes, até com áreas externas da residência. Basta usar a criatividade para manter a privacidade e, ainda assim, flexibilizar o espaço”, afirma Artur Gimenes. Confira abaixo as dicas do profissional.

Dicas importantes
- É importante dar atenção especial ao local onde a banheira será instalada. Ventilação e impermeabilização são necessários para evitar umidade e infiltração.

- No caso de residências já construídas que vão ganhar banheiras, é fundamental consultar um profissional para ver se o peso do produto não afetará a estrutura da casa.

- Fique atento às recomendações do fabricante e do modelo do seu produto para auxiliá-lo em todas as etapas, como compra, execução do projeto, instalação e manutenção.

- Sempre que possível faça uma manutenção periódica, que muitas vezes é esquecida após a instalação da banheira. Isso evita gastar mais dinheiro para corrigir um problema que poderia ter sido evitado.

<a data-cke-saved-href="http://vidaeestilo.terra.com.br/infograficos/casa-e-decoracao/estilos-de-decoracao/iframe.htm" href="http://vidaeestilo.terra.com.br/infograficos/casa-e-decoracao/estilos-de-decoracao/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade