@eupapai faz sucesso no Instagram ao falar sobre paternidade

8 ago 2014
13h00
atualizado às 14h14
  • separator
  • comentários

Ser pai é uma das melhores experiências que se pode ter na vida. E essa ideia é diariamente comprovada pelo @eupapai, perfil no Instagram que tem chamado a atenção por compartilhar as aventuras de um pai de primeira viagem com seus mais de 30 mil seguidores. Desde que surgiu, o ‘papai’ permanece anônimo. Nesta entrevista exclusiva ao Terra, ele conta por que criou o perfil e suas principais aventuras virtuais.  

Terra - Qual foi a sua motivação para criar o perfil do @eupapai? 
@eupapai - Nossa gravidez foi planejada e muito esperada. Sempre quis muito ter este bebê e, ao termos a confirmação de que ele viria, senti vontade de poder dividir esse momento com as pessoas, contando um pouco da minha experiência. Nunca acreditei que a maioria dos seguidores seria composta por pais, já que eles são menos assíduos no Instagram e menos engajados na temática principal.

Terra - Por que o anonimato? É apenas por uma questão de privacidade ou há outros motivos?
@eupapai -
As fotos que posto na página do @eupapai também coloco no meu perfil pessoal ou no Facebook. Inclusive, mostro o rosto do meu filho. Então, não é exatamente um anonimato. Mas acho desnecessário personificar. E também tem um pouco da questão da privacidade.

Terra – Quem acompanha a página percebe que, além do @eupapai, existe também a @eumamae. Esse perfil seria da sua esposa? Ele é ativo?
@eupapai -
A @eumamae é minha esposa. Eu mesmo criei perfis complementares como o @eubebe, @eumamae, @eutitia, @eumadrinha, @euvovo, para caracterizar uma ‘EuFamília’ e poder citá-los sem ter que revelar nomes, mas esses perfis não têm nenhum tipo de ativação. O @eubebe se chama João Pedro e nasceu no dia 5 de dezembro de 2013. É nosso primeiro filho.

Terra - Em que momento o Instagram do @eupapai começou a chamar a atenção do público?
@eupapai –
Por ser um dos raros perfis de pai no Instagram, vários outros perfis de mães logo me “adotaram” e começaram a me recomendar. Era realmente um conteúdo diferente do que até então vinha sendo postado, já que trazia o ponto de vista do homem sobre a maternidade. A maioria dos perfis de maternidade tem conteúdo muito parecido. Tentei ir por outro caminho. Tento contar minha experiência, resistindo à tentação do curtir pelo curtir, sem entregar uma mensagem que inspire de alguma forma os meus seguidores. Eventualmente posto alguma foto do @eubebe e sei que isso é o que gera maior número de curtidas. 

Terra - Todos os posts são produzidos e pensados por você? 
@eupapai -
Sim, todos eles são pensados por mim e as atualizações são diárias. Foi muito bacana entender ao longo do tempo os principais horários e formatos de posts que a audiência mais participa. Mas confesso que hoje é um exercício de criatividade mantê-lo no ar, já que nossa rotina entrou nos eixos novamente.

Terra - Você acredita que o @eupapai tenha te ajudado a compartilhar suas experiências com pessoas que também tenham tido a mesma vivência?
@eupapai -
Foi fundamental. Virou uma fonte de consulta pra mim e pra minha esposa. Os seguidores sempre ajudaram bastante, mas acredito que também tenha compartilhado um ponto de vista diferente do que muitos estavam acostumados. Ter esse reconhecimento foi muito bacana.

Terra - Você já se viu em situações estranhas ou engraçadas que surgiram a partir desse trabalho?
@eupapai -
Normalmente as situações mais estranhas estão relacionadas aos e-mails que recebo. Não sou médico ou psicólogo, mas recebo muitas mensagens com desabafos ou pedidos de orientação. Eu leio aquilo e penso: ‘e agora?’ Já teve casos também de comentarem do perfil comigo sem saberem que era eu... e de falarem mal. Só podia concordar!

Terra - Você pretende continuar esse trabalho à medida que seu filho for crescendo?
@eupapai -
Acho que não. Já pensei por diversas vezes em interromper. Me consome tempo. Cheguei até a pensar em encerrar agora no Dia dos Pais, mas acho que vou um pouco mais pra frente. Não sei ainda.

Terra - Como tem sido a experiência de ser pai pela primeira vez?
@eupapai -
Ser pai é a melhor experiência possível para crescermos como pessoa. Passamos a refletir muito mais sobre a importância que damos às coisas. Tudo está relacionado à troca de experiências. Também aprendi bastante sobre mim. Por outro lado, com essa dedicação de tempo ao perfil, quase perdi uma esposa! Risos

Fonte: Dialoog Comunicação

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade