Aos 24 anos, Taylor Swift faz música e doa direitos autorais

1 set 2014
19h52
atualizado em 2/9/2014 às 11h26
  • separator
  • 0
  • comentários

Considerada uma das maiores estrelas do mundo teen e da música pop, a cantora e atriz Taylor Swift, 24 anos, foi nomeada pela publicação americana Marie Claire, em agosto, uma das 20 mulheres mais audaciosas e ousadas que, corajosamente, têm aberto novos caminhos para mulheres e meninas. Além disso, a bela acaba de quebrar um recorde com sua nova música Shake it Off – única na história a entrar no top 10 da publicação norte-americana Billboard em apenas sete dias.

O sucesso da cantora pop vai além do top 10 musical: Taylor atua fortemente nas ações sociais
O sucesso da cantora pop vai além do top 10 musical: Taylor atua fortemente nas ações sociais
Foto: Kambouris / Getty Images

Selena Gomez se destaca em ações sociais desde os 17 anos

De Shakira a Beckham: veja 5 famosos engajados socialmente

Seu sucesso, no entanto, não está apenas nas paradas musicais. No último dia 16, a artista aderiu ao Desafio do Balde de Gelo, contribuindo com a campanha da ALS Association para financiar pesquisas sobre a Esclerose Lateral Amiotrófica.

Dias antes, Taylor esteve no Hospital Infantil de Boston, nos Estados Unidos, para visitar alguns pacientes e aproveitou para cantar uma música com um fã, o pequeno Jordan Brave, 7 anos, diagnosticado com uma rara condição genética. Os dois conversaram sobre interesses em comum e cantaram a música We Are Never Ever Getting Back Together. A cena foi toda filmada e o vídeo foi parar no YouTube, sendo visto por mais de um milhão de pessoas.

<p>No último dia 16, a artista aderiu ao Desafio do Balde de Gelo, contribuindo com a campanha da ALS Association para financiar pesquisas sobre a Esclerose Lateral Amiotrófica</p>
No último dia 16, a artista aderiu ao Desafio do Balde de Gelo, contribuindo com a campanha da ALS Association para financiar pesquisas sobre a Esclerose Lateral Amiotrófica
Foto: @taylorswift/Instagram / Reprodução

Na comemoração de seus 20 anos, a cantora doou US$ 250 mil (R$ 565 mil) para o sistema de ensino dos Estados Unidos, contribuindo com o financiamento de programas escolares. “Era algo que eu queria fazer no final desse ótimo ano e, especialmente, em meu aniversário – ajudar em algo que eu realmente acredito, que é a educação”, disse ela. “As escolas que eu frequentei e as pessoas maravilhosas com quem eu pude aprender são as responsáveis por eu ser quem sou, e eu quis apenas retribuir isso.”

Uma voz para o luto
Há alguns anos, Taylor encontrou na web um blog escrito por Maya Thompson, uma mãe que documentou a vida e a morte de seu filho Ronan, vítima de câncer. “Isso me deixou completamente devastada”, conta. “Ela teve que assistir seu filho de três anos morrer e não pode fazer nada a respeito.” A cantora escreveu a música Ronan, como um presente para todos os pais enlutados, doando todos os direitos para instituições de combate ao câncer. O episódio foi o principal motivo pelo qual a atriz começou a se dedicar a outras causas sociais.

Ao longo dos anos, Taylor doou mais de US$ 1 milhão (R$ 2,2 milhões) para o socorro a vítimas de desastres, mais de US$ 100 mil (R$ 226 mil) para financiar pesquisas sobre o câncer infantil, e US$ 4 milhões (R$ 9 milhões) para criar o centro de educação musical no Museu e Hall da Fama de Música Country, no Tennesse, Estados Unidos.

Engajada, ela tenta praticar atos de bondade diariamente, principalmente visitando hospitais e conversando horas com os pacientes sobre música, vida e amor. “Isso faz com que eu sinta que estou contribuindo com esse mundo que me deu tanto, mas tem tomado muito das outras pessoas”, conta ela.

Fonte: Dialoog Comunicação
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade