publicidade
31 de julho de 2009 • 08h05

América gelada: pinguins, geleiras e muito charme

Há diversas opções de expedição na neve para o visitante e trilhas de tirar o fôlego
Foto: Divulgação
 

Extremo sul da América: exótico, gelado e impressionante. Assim é a patagônia chilena, um lugar repleto de surpresas para os viajantes mais exigentes. Caminhar sobre as geleiras, cavalgar no frio, subir montanhas. Passear de caiaque nas águas geladas enquanto aprecia os fiordes e depois aquecer o corpo e a alma com uma taça de vinho à beira de uma piscina quentinha. A região é infinita de possibilidades para os amantes da natureza, montanhistas e aventureiros.

» Veja imagens da patagônia chilena
» Veja imagens do Hotel Indigo
» Leia também: a paisagem do Atacama

A aventura nesse lugar gelado e inóspito começa em Punta Arenas, a cidade mais ao sul de todo o mundo, que vive da produção e venda da lã de ovelha. Muito charmosa, é o maior centro urbano da região e conta com aeroporto internacional, lojinhas, bancos e restaurantes aconchegantes.

Não muito distante dali, na pontinha de baixo da Cordilheira dos Andes, a natureza ergueu pedras gigantescas e pontiagudas, tão impressionantes que parecem alcançar o céu. São as Torres del Paine, que atingem 3 mil metros de altura e ficam numa região semi-deserta e tão gelada que as montanhas à sua volta são cobertas de neve e os lagos ficam congelados. O parque nacional onde estão as torres é, sem dúvida, um dos mais exuberantes do planeta, tanto que foi declarado, em 1978, Reserva Mundial de Biosfera pela UNESCO. E como o lugar tem poucos habitantes, a fauna e a flora local estão muito preservadas até hoje.

Ver os pinguins de Magalhães é uma atração imperdível no Estreito de Magalhães, que fica a pouco mais de uma hora de carro de Punta Arenas. Só na Pinguineira Seno Otway, há oito mil pinguins. Na patagônia chilena há formações de gelo com milhões de anos, impressionantes. Os glaciais formam lagos por onde barcos de turistas - todos boquiabertos e munidos de suas câmeras fotográficas - navegam.

O Glacial Grey, terceiro maior da região, tem 45 metros de altura e quatro quilômetros de largura. Caminhar em cima dele, usando roupas especiais, é de tirar o fôlego. Um passeio de barco até o glacial dá direito a uma experiência única: degustar pisco sour, bebida típica chilena, ou um whisky com pedras de gelo milenares que se desprendem do glacial.

Como se percebe, viajantes de todos os gostos se divertem entre atividades esportivas ou contemplativas na região. Os que preferem os hotéis de charme têm opções como o Indigo, que acaba de ser inaugurado e traz para o lugar muita bossa e design, com sua arquitetura de linhas retas e simples que combina o estilo nórdico com a natureza.

Situado em Puerto Natales, esse hotel-boutique oferece uma vista da imensidão gelada do extremo sul do continente americano: o fiorde de Última Esperança e o Glaciar Balmaceda. De dentro da banheira panorâmica do quarto, os hóspedes descansam e relaxam o corpo para encarar outro dia com momentos inesquecíveis na imensidão gelada da patagônia.

Informação e reservas:
Ximena Castro
xcastro@indigopatagonia.com
Endereço: Ladrilleros 105, Puerto Natales, Patagonia, Chile
Telefone: +56 61 413 609
Skype: indigopatagonia

Especial para Terra